A CRIANÇA PEDE ÁGUA. APANHA, A DIRETORA NÃO ESTARIA CERTA ?

Nada mais natural que a diretora da escola dar um bofetão na criança que estava com sede e queria tomar uns goles do copo que estava cheinho de água na sua frente.

Para a lógica da diretora, era para comer primeiro, para a lógica da criança era para matar a sede primeiro. Como a diretora era mais forte, jogou fora a água do copo e deu porrada no lugar de água.
Esse é o princípio da nossa justiça também. A lei é o direito do mais forte. Na dúvida contra o réu, se ele for pobre, claro.

Natural também que essa mesma diretora obrigasse as crianças a engolir o próprio vômoito para não sujar a escola.
Temos essa hipocrisia, dois pesos e duas medidas em relação a educação.
Até os pais menos conservadores e mais jovens acham que a lei contra a palmada é  uma maneira de impedir os pais de educarem seus filhos.
Uma lei que foi criada para não pegar, é lógico. Se podemos dar uma palmada em crianaç pequena, se não temos nem argumento e jeito para convence-la que não deve tomar certa atitude sem recorrer a força quando ela é pequenina, também não teremos quando ela tiver dez anos, daí a palmada vai ser substituida por umas cintadas. Na escola é comum as professoras orientarem as mães a endurecer com seus filhos. Vai a mensagem que é clara. Os pais atendem, afinal a professora sabe tudo, os pais não querem posar de pais relaxados ausentes e omissos. Então vai a surra, ou os castigos absurdos e medievais para mostrar que é severa e presente e contar com a aprovação da escola. Os pais que denunciam abusos são sempre chamados de encrenqueiros, suas famílias são tidas como desestruturadas.
Então, para condenar essa diretora, temos que parar para pensar, e não aprovar a violência de nenhum modo e nenhum grau, nem dentro da escola e nem fora dela,
Estamos vivendo o caos hipócrita e senil.
Apoiamos a polícia que mata na rua, e não raro vemos pessoas escrevendo que quem erra não tem os mesmos direitos dos seres humanos. Errou, deixou de  ser humano.
Vemos alarmados policiais morrendo mais do que o normal, e se é fácil dizer que foi morto por marginais em acerto de contas, então que se mate mais marginais, mais civis, para vingar as mortes dos policiais.
Temos que começar pela escola. Quem aprende apanhando vai necessáriamente ensinar batendo e resolvendo tudo na força, não concorda com seu filho ou seu aluno ? Bata nela, para que ele aprenda a ser um adulto infeliz e conformado.
Gente, vamos parar ?
Anúncios

Comentários desativados em A CRIANÇA PEDE ÁGUA. APANHA, A DIRETORA NÃO ESTARIA CERTA ?

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.