DATENA, A LETRA É ESSA, MAS A MELODIA É OUTRA…

piano desafinado

DATENA, A LETRA É ESSA MAS A MELODIA… É OUTRA!.
Considerada criança um cidadão até os 12 anos.Qualquer pessoa em sã consciência sabe que criança não tem condição de saber o que é certo, é influenciável. Depende de apoio e cresce na direção para a qual é dirigida.
Cada dia cresce no número de crianças envolvidas em crimes. O Datena então diz que a criança se envolve no crime por causa da impunidade. Acha mesmo Datena ???
Que as nossas crianças entrando no crime é questão de impunidade, mas não que a criança tenha a noção. A criança que se envolve no crime aos 10 ou 11 anos jamais chegará a idade adulta…A vida do crime e das drogas e tem um curto caminho.
O Datena tem razão, quando fala que e impunidade, mas impunidade dos adultos que lhe fecham a porta da esperança mais tênue
Criança tem que estar na escola. Quem lhe negou escola? Está impune. No estado mais rico do pais onde a Educação recebe rios de verba.
Acompanhando a luta de uma mãe aqui na Vila Sonia a procura de uma vaga para sua filha da Emef Arthur Whitaker e a DRE do Butantã nega, imagino como deve ser dificil para mãe de periferia consiguir uma vaga na escola pública. Imagino a dificuldade em manter uma criança inteligente e ativa naquele recinto hostil e venal.
Nâo Datena, é questão da impunidade, mas a criança é a menos culpada. Ela é a vitima da impunidade dos adultos.
Anúncios

Comentários desativados em DATENA, A LETRA É ESSA, MAS A MELODIA É OUTRA…

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.