DESACATO A “OTORIDADE” E O JUS ESPERNEANDI.( direito de espernear)

images-3DESACATO A “OTORIDADE” E O JUS SPERNEANDI.(direito de espernear)
A mãe recebeu tanta informação desencontrada e encaminhada para ligar para tantos lugares. Tudo na DRE do Butantã. Ela só queria duas vagas para suas filhas na Emef Arthur Witaker,Vila Sonia, perto de sua casa. Só que era seu direito. Reivindicar direito de vaga em escola pública é desconsiderado pelas funcionárias das DREs Diretoria Regional de Educaçao do Butantã é considerado crime.
Elas abusam, debocham e contam com o apoio do Setor da Demanda da SME da Prefeitura de São Paulo, a Capital do Estado tido como carro chefe do pais, imagina nas cidades menores e pelo fundão dessa nossa pátria nada gentil com nossas crianças.
Como eu não ouço os absurdos que elas falam me ameaçaram de processar, coisa que fazem com as mães que se assustam e recuam. Disse uma professora da demanda que vai me processar por Desacatar Funcionária Pública no exercicio da sua função. Que função ??? A função delas é enganar, não atender e dar desculpas das mais esfarrapadas possíveis ?
Bem este é o segundo capitulo da saga da mãe que quer apenas duas vagas para suas filhas estudarem perto de sua casa.
Agora a mãe procurou a Defensoria Pública no Centro da Cidade, vou acompanhar e divulgar…
Jà lembrando que eu não acato abuso e que ser funcionária pública para mim não é para isso…é para servir o povo com urbanidade e respeito, coisa que na Educação não acontece…

Anúncios

Comentários desativados em DESACATO A “OTORIDADE” E O JUS ESPERNEANDI.( direito de espernear)

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.