UMA PROFESSORA DECENTE, NA ESCOLA PÚBLICA FAZ A DIFERENÇA

images-43

A PROFESSORINHA DECENTE, EXCEÇÃO QUE FAZ A DIFERENÇA
Uma professora resolveu quebrar o silêncio da omissão.Inconformada, filmou a existência de uma sala de castigo ( tortura) na Escola Luiz Claudino dos Santos na Brasilândia bairro pobre de São Paulo. Tortura psicológica, espancamento,descaso, aulas medíocres, aulas vagas e mediocres são normais e o cotidiano das Escolas Pùblicas. Os professores de bom caráter que não concordam, mas não podem falar.São a minoria quiça a exceção.
Claro que não vai acontecer nada nem com a direção da escola nem com as professoras criminosas. No horário do recreio são levadas as crianças ( de 0 a 12 anos) para o que chamam de sala do castigo. Enquanto as colegas brincam, lancham e descansam, as vitimas ficam na sala do castigo ouvindo ameaças aterrorizantes e sabe se lá mais o quê.
Nem a sala de castigo, será desativada, nem a Direção.
O que me motivou a escrever este texto, é a professora heroina que denunciou e fotografou o abuso. Deus queira que a Policia guarde o seu anonimato.
Deus a proteja, professora assim faz a gente acreditar que nem tudo está perdido na Escola Pública.
Flores e palmas para essa Professora, que honra a profissão que exerce. Professora é a mais importante profissão do Planeta.
Anúncios

Comentários desativados em UMA PROFESSORA DECENTE, NA ESCOLA PÚBLICA FAZ A DIFERENÇA

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.