Arquivo do dia: 01/08/2016

A DEMOCRADURA DA SEE DE SÃO PAULO

11825741_866956273394701_5980471978303069981_nA DITADURA DA SECRETARIA DO ESTADO DA EDUCAÇÃO
A Secretaria do Estado da Educação de São Paulo, mantém uma página no FACE, que seria administrada por uma professora.
Parece que o Secretário da Educação do Estado de São Paulo, não tem muita noção do que acontece por lá.
Por ser administrado por uma Professora, ela sempre permite que se repita, muitas vêzes pedidos de aumentos, direitos e vantagens para professores. Cobram insistentemente aumentos de salário. Até aí normal. Ela posta também amenidades, e noticias de Projetos Lorota, nada de grande monta.
O maior problema é que a pessoa que administra essa página bloqueia quem ela quer. Eu por exemplo, claro, natural, já que não cobro nada para as professoras mas não acho democrático.
Nâo ofendo, não insulto, não falo da vida pessoal, só criticas enquanto profissional. Tem a Professora Eliana Bueno de Camargo, que posta equÍvocos e seria saudável e democrÁtico se eu pudesse responder uma vez que ela escreve meu nome completo.
Vou ainda postar a resposta por aqui, mas antes quero chamar a atençao da SEE.
A gente sabe que a Escola Pública vive um regime politico diferenciado, é a DEMOCRADURA. Democrático para as professoras e ditador para os pais. Usar a página do FACE com logotipo da educaçao em nome da SECRETARIA ESTADUAL DO ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SAO PAULO É QUE NÃO ME PARECE JUSTO.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

QUANDO ESCREVE A VERDADE MERECE CASTIGO. OU O CRIME DO JORNALISTA.

download (1)O CRIME DO JORNALISTA CLAUDIO MOURA DE CASTRO.
Jornalista da VEJA, ousou escrever a dura verdade, considerada como heresia. Criticou os maus Professores da Escola Pública, e só levantou uma pequena ponta do tapete, mostrando um tiquinho do imenso monte de podridão que o mito do Professor Abnegado esconde.
Fruto do mito, e sendo mais fácil dividir um átomo que derrubar um mito. O mau professor, é que é a maioria esmagadora, vai sem limites levando a Escola Pública e o país ladeira abaixo.
Um ser humano que exerce a mais nobre profissão do Planeta que é a profissão de Professor, sem limites torna tudo um mar de lama e a Escola Pública um cabide de emprego, onde não se tem obrigação de trabalhar.
Sem fiscalizar o Educador sério que gosta do que faz e quer trabalhar fica engessado.
PARABÉNS CLAUDIO MOURA DE CASTRO.
Deixa a Corporação espernear, dorme o sono dos Justos

1 comentário

Arquivado em Uncategorized