Arquivo do mês: maio 2016

O MAU EXEMPLO DO CHALITA PARA SÃO PAULO

78f6bda68ac111e383ca0ee7c1f3e49e_6CHALITA E OS SEUS PIORES EXEMPLOS…
Chalita foi um dos piores Secretários de Educação que o Estado de São Paulo já teve…Amado pelas Professoras, que nunca cobrava nada delas, e fazia cortesia com a verba da Educação. Hoje me surpreendi com a cópia de um de suas piores atitudes. O Chalita que cantava para as professoras, em palestras. Uma vez uma professora quase desmaia quando ele ao cantar parou o olhar nela…Dono de um carisma invejável, gostava de cantar e encantava as professorinhas casadoiras, um Secretário Bonitinho, mas ordinário..
Entre outros absurdos ele mandou numa época grupos de Professoras para fora do pais, Japão, Inglaterra e Salamanca. Eram grupos de 90, ficaram lá por 2 meses, para conhecer a Educaçao de outro país. Onde isso ajudava a escola pública não se sabia,mas não importava, ele era o Secretário e era o queridinho do Serra, tinha carta branca. Saiu falando mal do Serra, mas enquanto o Serra lhe dava carta branca ele abusou.
Agora vejo uma cópia da aberração do Chalita. A SEE vai mandar grupos de 50 aluno passar tres semanas fora do pais.
Numa escola que tira 2,25 na escala de 0 a 10, com grupos de radicais de esquerda invadindo escolas e os pais desolados, não vejo de outro jeito esse projeto a não ser UMA CEREJA EM CIMA DO BOLO PODRE, E PIOR UM MAU EXEMPLO DO BONITINHO MAS ORDINÁRIO…

Comentários desativados em O MAU EXEMPLO DO CHALITA PARA SÃO PAULO

Arquivado em Uncategorized

O REMÉDIO É AMARGO,MAS CURA

O REMÉDIO É AMARGO, MAS CURA…
A Escola Pública do Estado de São Paulo foi terceirizada, mas não está dando certo. Os maus exemplos são copiados pelas outras escolas de outros estados.
Temos escolas menos ruins e escolas ruins.A menos ruins delegaram para os pais o compromisso de ensinar o básico. Os professores mandam para os pais como lição de casa, montanha de lição que não ensinam em na escola, os pais que se virem. Depois os professores pedem a matéria mais dificil nas provas.As Diretoras cobram tudo nessa escola. Cobram uniforme, carteirinha, contribuição da APM, cobram muito e os alunos mais pobres ficam de fora. A última coisa que a Escola Pùblica quer é pobre tendo instruçao.Quanto mais ignorante o povo,mais aceita a corrução como inevitável..
As escolas ruins, são as em locais mais pobres, essas não ensinam nada mesmo. Os pais mais pobres não tem muitas vêzes nem o dinheiro da condução para ir reclamar e sabem também que reclamar de escola e de mau professor não tem onde e nem como.
O Remédio é devolver a escola para os pais que pagam a conta, e para os alunos. Os pais são os consumidores e o professor o prestador de serviço. Dizer que professor ganha para ensinar é tido por eles como uma ofensa. Professores de Escola Pública quer ser visto como um Santo, abnegado que faz caridade, não quer ser visto como um profissional que merece respeito mas tem que respeitar, quer ser visto como Anjo que não pode ser cobrado.
Para reverter esse quadro, o Governador de São Paulo conhece o Remédio, que é amargo mas cura. Tem também que ter coragem para ministra-lo
images (94)

Comentários desativados em O REMÉDIO É AMARGO,MAS CURA

Arquivado em Uncategorized

TARTARUGA SOBE EM ÁRVORE ?

TARTARUGA SOBE EM ÁRVORE ???
Quando o Governador de São Paulo, colocou um Desembargador na frente da Secretaria de Educação, eu não critiquei, mas fiquei com um pé atrás. Ele não era do ramo, não tinha a menor noção do que acontecia numa Escola Pública, e levava com ele assessores que também não sabiam nada. Ele começou a visitar as escolas e falar com os alunos, lógico, foi enganado, ou melhor as Diretoras tentaram engana-lo. Ele visitou escolas tidas como “boas” e o circo armado para recebe-lo. Alunos falando decorado tudo que a Diretora mandava…O erro foi primário. O Secretário não é tão ingenuo e nem bobinho como parecia. Começou a ver além do que lhe mostravam.A pressão dentro da SEE começou e está sendo muito forte até hoje. Fizeram isso com o José Benedito de Oliveira, diretor da Cogesp,que não aguentou e se candidatou a Prefeito em São José dos Pinhais, ganhou.O José Benedito de Oliveira, enfrentou situações na SEE inacreditáveis, assistimos uma em especial que era uma verdadeira traição e canalhice contra o trabalho de um homem probo, uma das pessoas mais sérias responsaveis e capaz que já esteve na Secretaria Estadual de Educaçaõ de São Paulo….Será que o Dr. José Renato Nalini, vai aguentar? As autoridades de chefia de setor tipo S isso S aquilo, departamentos que atuam praticamente para assegurar que os professores continuem intocáveis, e que continuem sendo o cabide ideal para as apadrinhados dos poderes Legislativo, Executivo, Judiciário e do quarto poder e o mais forte de todos, a Imprensa…
Quem vai ter a coragem de tirar essas tartarugas da SEE ?
a-uniao-faz-a-forca-490x360-490x225

Comentários desativados em TARTARUGA SOBE EM ÁRVORE ?

Arquivado em Uncategorized

SÃO PAULO É O CEGO QUE NÃO QUER VER…

IthFEPEODT4NVASÃO DE ESCOLAS, SÓ CEGO NÃO VÊ…
Óbvio, tão óbvio que urra…As invasões das Escolas Estaduais é um movimento politico partidário da esquerda radical. Um movimento q orquestrado por professores xiitas, usam meia dúzia de alunos para tumultuar as escolas e prejudicar os Governos que são do PSDB. Simples assim Simples e triste…
A desculpa em São Paulo tem máfia da merenda, querem investigação. Como São Paulo é o carro chefe e dá os exemplos começa aqui e se alastra pelo Brasil..
Os estados onde não tem “máfia da merenda” querem mais merenda e de melhor qualidade, pedem melhor estrutura nas escolas e contratação de professores…Alunos dão soquinhos no ar, num gesto típico da esquerda, que aprenderam com os professores esquerdinhas…
Não pedem aula de boa qualidade, senão ia sobrar para os professores…Para fazer essa politica partidária fecham as escolas, quebram tudo e dão prejuízo, mas a reação da PM é vista como uma violência imperdoável…
Os PMs da Ronda Escolar, as professoras chamam para os alunos, e acham normal…Só é um horror se for PM batendo em aluno na manifestação, na escola quando professores chamam é normal
Hora do Governador de São Paulo deixar de ser frouxo e tratar arruaceiro como arruaceiro e pronto…O povo vai aplaudir, os pais que querem seus filhos estudando e tendo aula de boa qualidade também vão aplaudir…

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

ALUNA DE QUATRO ANOS ESTUPRADA EM EMEI DE SP

ALUNA DE QUATRO ANOS ESTUPRADA EM EMEI EM SP.
Quem nunca ouviu falar de esse tipo de crime cometido dentro das escolas públicas ? Essa noticia saiu hoje muito palidamente no Jornal Agora SP, uma noticia que sai pouco na imprensa. Essa tem a sorte de contar o nome da Escola, normalmente não sai , a escola é “preservada” o crime abafado. As investigações quase não dão em nada…Isso se a escola não se defender e dizer que a violência ocorreu em casa, fica a palavra das professoras, inimputáveis contra a palavra de pessoas de uma familia pobre…
A Emei Catulo da Pauxão Cearence, no bairro do Campo Limpo SP.
Esse é um caso infelizmente comum não não é a única violência que aluno sofre dentro das escolas, violência de toda ordem e de todo grau. Sem esquecer que nem todo professor é bandido…que escola tem Educador também, mas a banda podre é a maioria esmagadora. Professor de escola pública não tem limites e inimputável..
A violência contra aluno é em escola estadual e municipal…
Agora lembro que as escolas como a última denunciada. Dr. Ayres Neto, vende carterinha e uniforme aos alunos, aliás obriga os pais a comprar com a desculpa que é para a segurança do aluno.
Será que essas vendas vão proteger os alunos da E.E. Ayres Neto da violência contra aluno? Lembrando que comercio dentro da escola não é violência é crime…AS Leis proibem…1619232_3959743408888_252479731_n

Comentários desativados em ALUNA DE QUATRO ANOS ESTUPRADA EM EMEI DE SP

Arquivado em Uncategorized

A DIREÇÃO DA ESCOLA AYRES NETO PODE MAIS QUE A LEI ?

Ninguém está acima da lei, mas Professora de Escola Pública está ???

A E.E. Ayres Neto, da Diretoria Sul 1, Bairro da Pedreira, periferia de São Paulo está  afrontando a lei, e com a anuência do Dirigente. As violações de direito, estão no Regimento Interno, um documento com normas que só pode ser usado se tiver a assinatura da Diretoria Regional,no caso a Sul 1.

O Dirigente, escreve na página da Secretaria de Educaçao do Estado de São Paulo, confirmando o crime, assumindo. Segundo ele a E.E.Ayres Neto, vende uniforme e carteirinha a preços escorchantes autorizada pelo Conselho de Pais e Mestres.

Se é ilegal, segundo : A Constituição Federal, A lei estadual de Franco Montoro, O ECA, O Estatuto do Magisterio, a Lei de Diretrizes e bases. A Escola viola todas, e ainda coloca no Regimento Interno da Escola

Tão segura da impunidade a escola comete os crimes e assume. Quero ver como se chama um grupo de pessoas que viola tantas leis, se não é uma quadrilha …

Conselho de Pais e Mestres não pode mais que as leis, pode ?

Um local onde adultos se juntam para violar as leis que protegem os alunos, pode ser chamada de escola ou é um covil, um antro…Um grupo que induz os pais ao crime como pode ser chamado ? Os pais por ingenuidade, e aterrorizados compram a idéia que é por medida de segurança.

Como podem os alunos serem protegidos de adultos que supostamente ganha para educa-los dá tantos maus exemplos ?imagesMJ3HV5RM

 

 

 

 

 

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

PROFESSOR MEDIADOR=PROJETO LOROTA.

PROFESSOR MEDIADOR + PROJETO LOROTA…
O Estado de São Paulo, é o carro chefe da nação, e a Escola Pública é o ponto nevrálgico de todo estado…
Tudo que o Estado de São Paulo faz o resto do Brasil copia.
Professor Mediador é um desperdicio de verba e mais um repressor do aluno. Nâo cumpre sua função de mediador.
Numa reunião em uma periferia, não posso divulgar o local, mas com certeza não é um caso isolado..
O Professor Mediador falava as piores coisas de alunas de periferia, era a fala da maioria dos maus professores…não gostam de alunos pobres…não vale a pena investir neles, só querem aumento de salário e se acham as vitimas obrigadas a aturar alunos que são a escória da sociedade…
Na hora que se falou de gravidez precoce a coisa ficou feia mesmo. O Professor Mediador dizia que elas, as alunas, só se interessavam em baile funk e sexo..e engravidavam sem nem saber de quem…
A ONG que organizara o evento tinha 10 fichas de alunas grávidas, e oito tinham parceiro fixo, eram pobres e precisavam de ajuda, mas estavam longe de ser o perfil que o Professor Mediador traçava…
Então tanto os Professores Mediadores, quando os Projetos Lorota, são apenas um prejuizo aos cofres públicos.
Hora de mudar…
tesouro_direto

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized