VAI, JOSÉ RENATO NALINI, OU MELHOR FICA…

VAI DR. JOSÉ RENATO NALINI, VAI…OU MELHOR, FICA…
Muitos se surpreenderam com a nomeação de um Desembargador de Justiça, um homem imortal da academia de letras, um sei lá, um monte de títulos, para Secretário de Educação de São Paulo. Sem nenhuma experiência em Escola Pública, coisa que parece que nunca pisou nem quando aluno.
Ela vinha com a proposta de aceitar o desafio. No escuro…Nâo tinha a mais pálida noção do que era a corporaçao dos professores. Mimada, inimputável e sem limites..
As primeiras atitudes do Secretário foram tão ingênuas que chegaram a me irritar. Na politica tem lugar para tudo, menos para ingenuidade:
Começou por visitar escolas ditas de excelência, as escolas arrumadinhas e com alunos orquestradinhos, falando o que a direção queria que ele ouvisse. Logo ele percebeu a fria e parou com a graça…Depois começa a prometer que vai implantar projetos que a escola apresenta…Claro, logo percebeu que a escola tem mais projetos que precisa. Aliás percebeu que era tudo PROJETO LOROTA e que na escola precisa é de seriedade e o básico…
No começo as professoras ficaram meio receosas, elas não ofendiam o Secretário nem ficavam criticando de modo agressivo como faziam como os outros Secretários. Depois perceberam que podiam até esconder documentos importantes da SEE e sonegar informação para a acessoria dele que estava tudo certo, agora estão de manguinhas de fora…
Se tivemos um monte de Secretários do “ramo” antes dele, e não fizeram nada, então vou agora apostar no “azarão”
Se ele tiver coragem e boa vontade, pode sim mudar o rumo da prosa, agora ele já aprendeu o básico: Professora é a profissão mais importante do planeta,mas não basta ser professora tem que ser educadora…Professora é um ser humano, tem que ser fiscalizada sim. Punida se precisar e que nunca punindo as professoras as educadores não tem espaço para trabalhar.
BBozv1T

Anúncios

Comentários desativados em VAI, JOSÉ RENATO NALINI, OU MELHOR FICA…

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.