A EDUCAÇÃO EM CUBA…E A DIVINIZAÇÃO DO PROFESSOR DE ESCOLA PÚBLICA…

10309340_756560704409438_4593840417856657436_n (2) Cuba passa na cara do mundo que tem os melhores profissionais.Melhores médicos inclusive e o analfabetismo é zero…Os medicos de Cuba não vem da família mais rica do pais. A diferença está no modo como a educação é tratada desde o começo O que Cuba oferece de melhor para os estudantes ?? O que oferece melhor para os professores ?

Lá o respeito ao aluno e seus limites é o principal objetivo. O resto vem depois. Tudo o mais vem depois. Professor é a consequencia feliz, mas professor não é endeusado e nem aluno demonizado…As crianças até sete anos, tem na sala de ala uma caminha individual de armar. Qualquer pessoa sabe que criança precisa dormir muito mais que adulto, é no sono que libera o hormónio do crescimento. Fase de crescimento é fase de dormir de dia, e criança tem um limite, onde ela se  cansa e aí deixa de aprender. Forçar a criança pequena a ficar horas em posição desconfortavel em cadeira dura por horas, além de ser um castigo desumano é improdutivo. Para manter a criança acordada e quieta quando cansada a professora tem que lancar mãos de atitude incorreta e cruel. Ameaça ou manda aqueles bilhetinhos terriveis para os  pais, pedindo que eles deem jeito na criança que não para, conversa muito e não  faz a lição…

Já em Cuba em intervalos regulares a criança ela mesma pega sua caminha que fica fechada e encostada na parede, arma e dorme ou descansa seu corpinho por uma quantia razoável. Depois se levanta, e quarda sua caminha e volta aos estudos. Um aluno tratado assim, ele produz mais, e daí se pode esperar no final do ciclo profissionais bem sucedidos e motivados

Aqui no Brasil a demonização do aluno para divinizar o professor faz do aprendizado uma tortura para os dois…Terminar um ciclo na escola pública no Brasil é um ato heróico. A tecnologia cada vez mais sedutora, tornando as aulas cada vez mais desinteressantes, o convivio com os colegas e professores desnorteados faz da escola situação de risco, onde aflora a disputa e a discórdia. Um Deus nos acuda…

Voltar ao “status quo” da ditadura, onde todos tinham medo, e o professor não aprontava por medo, também não é uma medida que todos desejam.

Então quem sabe, hora de repensar. Derrubar o mito da professora perfeita santa,heroina, martir e lhe dar uma posição mais confortável de profissional que nunca erra. Dar a professora a importância da profissinal mais importante do planeta, sem demonizar o aluno. Priorizando o aluno, automáticamente a profissão de professor passa a ser prioridade.

Em tempo não gosto de tudo em Cuba,não sou esquerdista, não gosto do Fidel Castro e amo a liberdade e a Democracia….

Anúncios

Comentários desativados em A EDUCAÇÃO EM CUBA…E A DIVINIZAÇÃO DO PROFESSOR DE ESCOLA PÚBLICA…

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.