ATÉ QUE PONTO SE PODE ACEITAR FRAUDES CONTRA ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA DO JORNALISMO CARNIÇA???

O JORNALISMO CARNIÇA CONTRA O FUTURO DO BRASIL.

Sexta feira a minha indignação cedeu lugar para a perplexidade. Assistindo a TV Record, fiquei pasma. Até onde vai a falta de comprometimento com a verdade. Até que ponto vai a irresponsabilidade de uma emissora formadora de opinião em nome da audiência…Se aluno de Escola Pública se tornou o inimigo público da Educação, então ao invéz de esclarecer “picam o pau”. Era o caso mal contado do suposto estupro de uma aluna dentro da Escola E. Leonor Quadros no Jardim Mirian, periferia de SP.
As informaçãoes desencontradas, dadas pela imprensa de modo geral serviriam para de modo correto as autoridades, não punissem ninguém, mesmo os alunos que estão sendo acusados de estupro. Estavam dentro da escola eram crianças abandonadas a propria sorte num local aos cuidados do Estado que deveria protege-las.Local onde as famílias dos 4 alunos imaginavam ser um local seguro. A familia da menina esposta de maneira brutal pelo Jornalista Carniça, que por mais que tornassem seu rosto velado, mas sua roupa seu corpe seu cabelo a torna idenficável . A familia dos 3 alunos que os deixa na escola e de uma hora para outra se tornam estupradores ferozes, onde o Jornalista Carniça pede prisão perpétua em cadeia para adultos…
A suposta vítima de 12 anos, os acusados do estupro um de 12 e dois de 13 anos. Ensino Fundamental.
Todos abandonados numa Escola Estadual do Estado mais rico na nação. Onde estavam todos ???
De todos os jeitos que o caso foi contado, demorou horas. A aluna não tinha nenhum sinais de violência fisica, não houve conjunção carnal…Foram as passadas de mão que agora é crime de estupro .
O Programa do Jornalismo carniça apresentou filmagens que só podem ser forjadas, de modo criminoso.Aparentemente forjadas. Começa pela idade, os alunos não tem 16 anos. 11,dois de 13 e a suposta vitima 12 anos.
Como só um se apresentou depois na Delegacia e expontâneamente, como pode o Jornal da Record, no Jornalismo Carniça mostra um aluno grandão encapuzado sendo conduzido por policiais. Videos onde só a aluna faz parte do fato.Os outros parecem uma forcação de barra, mentirosa. Tenho até a impressão que um dos que aparecem o video eu já vi tem pouco tempo em outro caso. Não fazia parte do caso de jeito nenhum.
Esses videos poderiam ser requisitados e o Jornalismo Carniça ser responsabilizado uma vez detectado o que parece uma fraude grosseira. Forjado. O nome da escola nem mencionado.
Por mais grave que seja o crime, o criminoso tem direito a defesa. No caso de alunos que estavam numa escola. Escola é lugar de ensinar. Errou, corrige, embora se a Escola Pública não fosse um antro, esse tipo de fato não tinha nenhum espaço para acontecer.
Então é isso . Hora mesmo de Regulamentar a Imprensa e responsabiliza-la quando se volta contra o aluno da Escola Pùblica. O futuro do Brasil.10330222_454016134734092_7629596416514752451_nmarcelo rezende

Anúncios

Comentários desativados em ATÉ QUE PONTO SE PODE ACEITAR FRAUDES CONTRA ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA DO JORNALISMO CARNIÇA???

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.