Arquivo do dia: 04/02/2015

O GRANDE DESAFIO AO GOVERNO DE SÃO PAULO : FAZER PROFESSORA TRABALHAR…


Antes de começarem as aulas eu duvidei que o Governador de São Paulo conseguisse colocar de volta os professores em sala de aula…
Desde 2012 que a SEE de São Paulo se tornou o maior e mais rico Comitê Eleitoral Pro Alckimin. Verba farta. A Dirigente Regional da Centro Oeste, linda e com um talento especial para captar recursos e fazer parcerias com empresas privadas foi a peça mais importante na campanha pro Alckimin.
Empresas de grande porte se interessam em investir na Escola Pública de São Paulo. Imposto desviado de um lugar e canalizando de forma legal para a Secretaria de Educação. A Secretaria de Educação por sua vez tem oficialmente além dos ” por fora” a maior fatia do arrecadado.
Então dinheiro não faltou. Era um tal de professoras se reunirem em Instâncias Turisticas e Hoteis de luxo por São Paulo afora. Ilha Bela, Águas disso Hoteis fazenda e uma delicia só…As escolas nas mãos dos professores temporários, que faziam o impossível para manter o minimo de ordem. Não conseguiam que ausente os gatos, os ratos faziam a festa.
O que eu sempre alertava : RETIRAR DIRIGENTES REGIONAIS, DIRETORAS E PROFESSORAS ESPOSAS DE FIGURÃO DA SALA DE AULA PARA FAZER UMA CAMPANHA ELEITORAL É FÁCIL, DIFICIL VAI SER COLOCAR ESSA TURMA DE VOLTA NA SALA DE AULA. Não deu outra.
Fecharam aos montes, turnos e salas, expulsaram aluno aos montes também. Este ano ficaram quase 60.000 professores temporários sem sala de aula para trabalhar.
Agora ninguém quer voltar…
Uma das desculpas é a crise da água.
Qualquer descupa ia servir. Esta é boa. Nem começaram as aulas e já dizem que vão parar por causa da falta da água…
As escolas tem caixas reservatórias, mas acha que elas vão ser abastecidas ??
Como é que o senhor vai fazer agora, Senhor Governador ???7905704_c2ku3

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized