Arquivo do mês: fevereiro 2015

A REDE GLOBO AVALIZANDO A VIOLÊNCIA DA ESCOLA COMO MÉTODO PARA EDUCAR

Na novela Império, que assisto, mas não todo dia, mas gosto de novela…Peguei ontem um pedaço já no final, onde o mordomo, chic, bem informado, culto dialoga com o jornalista gay.
Falam rapidamente de educação e o mordomo afirma que a educação antiga onde se colocava crianças de joelho, funcionava. Educava. O pensamento Global, que quer a volta da Ditadura e aprova a violência policial, e nunca divulgou a violência das escolas no Brasil.Sempre é violência na escola, mas a violência física e moral que aluno sofre, nem pensar. Violência institucional de um pais onde na maior cidade e a mais rica como São Paulo temos centenas de milhares de crianças fora da escola. Falta escola no país onde se arrecada um dos maiores impostos do mundo.
Hoje ela prepara uma matéria onde vai mostrar os bons resultados de crianças e adolescentes rebeldes em um campo de concentração, sendo humilhados e sofrendo castigos fisicos que fariam Maquiavel corar de vergonha Esse campo de Concentração é nos Estados Unidos. Com a mensagem, se é bom para os EUA é bom para o Brasil.escola ruim

Comentários desativados em A REDE GLOBO AVALIZANDO A VIOLÊNCIA DA ESCOLA COMO MÉTODO PARA EDUCAR

Arquivado em Uncategorized

TRANSFERINDO O PROBLEMA !!

9nlVx

TRANSFERINDO PROBLEMA …

Normamente a escola pública, quando quer se livrar de um aluno que dá trabalho elas usam métodos que farim Torquemanda corar de vergonha.

Sempre conseguem o que querem de um jeito ou de outro.

O aluno que não sabe ler nem escrever, quando é rebelde, questionador e que a escola não quer ela o transfere mas ele leva o “curriculum” junto. A Escola que o recebe já recebe com a informação dele. Faz tudo ou mais um pouco para que o aluno se sinta pior ainda que na escola anterior, assim ele continua dando trabalho e fica como o responsável total do seu fracasso e do seu analfabetismo…

Sem saber ler e escrever, estando na sétima série, a sala tem uma evolução impossível para ele. A Escola José Américo de Almeida SP então oferece um ambiente hostil para o aluno, nos corredores e na sala ele fica como alguém numa sala onde todos se comunicassem em Javanes e ele totalmente fora do contexto. Uma tortura liquida e certa…O que vai continuar acontecendo na outra que ele for, que não é transferindo ele de escola que ele vai num passe de mágica aprender a ler e escrever por milagre.

A Escola que esteve com ele durante tantos anos, teve tempo para resolver, mas nas aulas de recuperação as professoras ou estavam de greve ou faltavam, isso a mãe falou na escola na reunião e na minha frente.

A Escola então resolve que vai reclassificar, uma grande lista de alunos na mesma situação e aprova-los para a série seguinte por estarem fora da idade da sala.Outro problema para o aluno analfabeto. Ele não vai ser aprovado na reclassificação se ela tiver o minimo de seriedade…

Então na sinuca de bico, elas estão contando, o aparentemente contando que o Conselho Tutelar vai ficar do lado da escola. Será ???

Comentários desativados em TRANSFERINDO O PROBLEMA !!

Arquivado em Uncategorized

O CASO DA EMEF JOSÉ AMERICO DE ALMEIRA VAI ACABAR COMO ???

10641052_782712695105074_4858929820538944068_nimagesCARYZU6Y

Comentários desativados em O CASO DA EMEF JOSÉ AMERICO DE ALMEIRA VAI ACABAR COMO ???

Arquivado em Uncategorized

QUE MUNDO O PROFESSOR ESPERA DEIXAR PARA SEUS DESCENDENTES, AFINAL?

a questionar o fato de Juizes serem inimputáveis, quase Deuses, blindados e punidos com a aposentadoria quando o caso é grave.
Não entro nesse mérito mas é impossível fazer a relação entre a impunidade do Professor da Escola Pública. Essa situação é a mais grave de todas…Se Juíz não é Deus, e erra, Professor também erra e também não é Deus.
Quando o professor é flagrado e denunciado, a primeira coisa que se faz é ele ser investigado pelo seus próprios colegas supervisores. Se o professor tem um politico ou uma autoridade na SEE, ou se é parente ou amigo, o Supervisor tem o papel doloroso quando ele é sério, de ir na escola e “passar um paninho” nas bobagens que o acusado fez.Um papel triste e injusto de avaliar seu par.Quando o Supervisor não tem noção e não tem caráter, ele vai na escola “passa o paninho ” e como é tudo tão normal, ele nem se dá conta do absurdo. Nâo se lembra que esses profissionais estão deformando toda uma geração e que nesse mundo seu filho, seus sobrinhos enfim toda essa criançada viverá.
Temos o caso que contamos da Escola Adelaide Ferraz de Oliveira, onde o CP respondendo processo, acusado de espancamento, promover bullyin e torturar aluno na sala de aula, foi promovido.
Agora estamos denunciando a EMEF JOSÉ AMERICO DE ALMEIDA na zona leste de São Paulo…
A situação é caotica, geral, a impunidade é total para os maus professores, e alunos todos os dias sofrem a consequencia, mas estamos acompanhando um caso pontual.
Caso que se o Brasil fosse um pais sério, toda direção e professores do aluno deveriam ser processados, com amplo direito de defesa, mas processados e o caso agora no Conselho Tutelar também, está com todo jeitão de acabar em pizza, como todos…Arruinam a vida de um aluno que frequenta a escola por sete anos, e não aprende nada. Sete anos que perdeu sem que ninguém se preocupe, a escola de modo geral surrupiando o tempo dos alunos e o imposto que o pai paga. Acho esse roubo, pior que os roubos do Juíz que teria levado para cada os bens confiscados de um empresário..

Comentários desativados em QUE MUNDO O PROFESSOR ESPERA DEIXAR PARA SEUS DESCENDENTES, AFINAL?

Arquivado em Uncategorized

SÓ POR DEUS MESMO…

images (18)SÓ POR DEUS MESMO !!!
As violências que as escolas cometem são quase sempre as mesmas, fruto de quinhentos anos de impunidade…Nem são criativas, mas de vez em quando algo ainda assombra.
Tudo de ruim acontece, mas agora na Escola José Amerido de Almeida de São Miguel, São Paulo, descobri o FUNDAMENTALISMO REGILIOSO, para piorar ainda mais o quadro.
A Vice Diretora da qual já denuncei aqui as suas violações de direito de aluno, tem aspecto fisico de quem é evangélica de alguma congregação bem severa e radical. Nâo me preocupei, afinal é direito dela embora a escola tenha que ser LAICA.
Como o caso do aluno que está sendo pressinado juntamente com sua familia é um caso que não dá para esperar, liguei para a Escola e queria cobrar da Vice diretora e CP, e queria falar por telefone.
Quem me atendeu se identificou como Secretária e que trabalhava na Secretaria da Escola e disse que não me atenderiam. Insisti e aleguei o básico : do modo mais polido possível, que funcionário público tem que atender o povo que afinal paga as contas, e inclusive a conta telefônica.
Ela me sai com essa :
Eu não, o povo não é meu patrão, os pais e alunos não podem me cobrar quem é meu patrão é DEUS. DEUS É QUEM PAGA MEU SALÁRIO…Só presto contas para DEUS…
Não tem como dialogar com uma pessoa dessa

Entre outras coisas lembrei nesse momento o que se fez e faz de atrocidade tudo em nome de Deus e da religião, se a escola deixar de ser laicas, não sei não..
Estamos então todos na mão de Deus…download (1)

Comentários desativados em SÓ POR DEUS MESMO…

Arquivado em Uncategorized

????????

A impressão que dá é que a Escola José Américo de Almeida está confiante na defesa que a DRE de São Miguel vai fazer…Temos muitos exemplos assim…A Escola comete as piores barbaridades, entra a Diretoria de Ensino e passa um paninho, entra o espirito corporativista em prejuízo da escola do aluno e do Brasil…

Nesse caso pontual não se trata de um erro. São sete anos de erros continuados. Ao contrário do que elas querem fazer todos acreditarem são humanas e erram, se for um erro normal passa. No caso da Emef José Américo de Almeida os erros vem de longos anos.Longos anos de impunidade, faz dessa e das outras escolas públicas um antro. Uma Escola que um professor coloca alunos de joelhos, como castigo e vai tomar cerveja na esquina ao lado da escola…e esse professor com a ajuda da DRE de São Miguel quase chega a Vice Diretor logo depois da denúncia…Então com o comportamento atual dá para pensar que continua torturando alunos..

Fui com a mãe na escola. Entre um monte de equívocos e abusos, prepotência na conversa queriam que assinássemos um documento que elas escreveram e não correspondia a realidade. Não assinamos.

Pois, é o Supervisor visitou a escola ontem. HOJE elas queriam obrigar o aluno de  13 anos a assinar um outro documento que elas tinham elaborado. Como ele só assina mas mal sabe escrever a mãe o alertara que não assinasse10710570_729066673857131_11317274921977933_n Pagamos uma fortuna numa escola violenta incapaz, prepotente. Pagamos uma escola e recebemos um antro..

Então elas estão certas que o caso vai acabar em pizza e que não vai acontecer nada, como sempre ???

Comentários desativados em ????????

Arquivado em Uncategorized

QUANDO AS MELHORES AMIZADES COMEÇAM COM UM OLHO ROXO…

AS MELHORES AMIZADES PODEM COMEÇAR COM UM OLHO ROXO…
Comum e normal até os doze ou treze anos os meninos sairem no braço. Ficam de mal para toda vida. Com a mesma velocidade com que se agridem ficam de bem, de novo para toda vida.
Qualquer adulto sabe disso, a Escola José Americo de Almeida parece que não sabem disso, aliás como escola falida elas não sabem o básico, não sabem ensinar a ler e escrever.
O aluno cuja mãe está brigando para manter na escola foi questionada na reunião que ele está na sétima serie e não está alfabetizado. A mãe não ensina em casa a escola não se acha na obrigação e de tempos em tempos faz uma “limpa” Quem não tem familia que pode ou tem tempo para ensinar em casa a escola expulsa…
Lições de casa são aos montes. Quase sempre não são apenas para que o aluno fixe o que aprendeu na sala de aula e sim para que os pais de alguma forma ensine o que a escola não ensinou. Esse é um caso típico
A Escola José Américo de Almeida, zona Leste São Miguel Paulista cobra da mãe e está fazendo tudo que não pode para expulsar o aluno
Hoje o aluno vai para a escola com um olho roxo. Brigou na rua. A Direçaõ ficou preocupada e perguntou onde ele arrumou o olho roxo.
Ficou preocupada com a esperança que ele tenha apanhado em casa, mas não se preocupou em olhar os cadernos dele. Estavam em branco
Ele não sabe escrever, fica na sala como se a professora estivesse falando em javanes. Fica mas entende nada e não anota nada…
Triste muito triste, não sei se eu aguentaria sete anos, ele aluno heroi aguentou, até agora que a escola não o quer mais…images

Comentários desativados em QUANDO AS MELHORES AMIZADES COMEÇAM COM UM OLHO ROXO…

Arquivado em Uncategorized