O CEU. SONHO MEGALOMANÍACO DA MARTA E O INFERNO DA FALTA DE VAGAS EM SÃO PAULO

ESTE CEU, O SONHO MEGALOMANÍACO DA MARTA, É UM INFERNO…

Quando a Marta Suplicy criou os CEUs, justamente na época onde tinha acabado de sair o número de alunos fora do ensino fundamental em São Paulo. 90.000, segundo o Observatório Escolar do então vereador Carlos Gianazzi. Quando eu vía a Marta com a maquete dos CEUS debaixo do braço e sendo chamada em tudo que é emissora de TV, radio e jornal impresso, logo ví que por mais absurda que fosse a idéia dela, se a imprensa em peso jogou confeti, não ia dar outra.

Foram gastos muitos milhões, mas muitos mesmo e ela não criou com isso nenhuma vaga a mais nas Escolas Municipais…

Eram construções faraônicas, onde ela no seu delirio imaginou que ia ser tudo ali, escola. lazer e cultura…

Se a imprensa aprova, está aprovado. A imprensa o quarto e o maior de todos os poderes.

Os CEUS aprovados e constridos com a verba da educação, só não resolveu o problema crucial da falta de vagas.

Na última gestao o Kassab repetiu os moldes do CEU da Marta, e não aumentou uma só vaga. ..

O método é o mais sórdido, a cada CEU construido, fecha uma escola vizinha. Dão um nome bonito e quando dizem que vai fechar uma escola que será transferida para dentro do CEU os professores usam a palavra pouco comum para confundir os povo e a imprensa cega. Eles realocam os alunos.

Negativo. Fecham a escola vizinha, depois que os alunos são escohidos e amansados. Só vai para o CEU o aluno bonzinho. o mauzinho nem CEU e nem escola comum que vá PARA O INFERNO !!!!

10710570_729066673857131_11317274921977933_n

Anúncios

Comentários desativados em O CEU. SONHO MEGALOMANÍACO DA MARTA E O INFERNO DA FALTA DE VAGAS EM SÃO PAULO

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.