LULA, O GOVERNADOR ALCKIMIN E PONCIO PILATOS DE SÃO PAULO

novobrasaoSÃO BERNARDO DO CAMPO. SP, LULA, ALCKIMIN E PONCIO PILATOS.

Chovia, muito. A Defesa Civil recomendava ao povo que não saísse de casa, mas as mães precisavam buscar seus filhos na Escola Estadual João Ramalho . Alunos filhos das amiguinhas da Diretora ficaram na diretoria esperando a chuva melhorar, o resto quase mil foram empurrados para a rua pelo portão menor da escola. Livros molhados e todos querendo sair ao mesmo tempo para fugir do temporal e encontrar seus pais no portão
Uma das mães inconformada, começa a filmar o tumulto. Ela como outras queriam que a Escola ficasse com as crianças no páteo até a chuva melhorar ou então usar o portão mais largo.
A vice diretora, tenta impedir a mãe de filmar. A mãe não atende e como estava na rua se achou no direito de registrar o abuso da escola. A “otoridade” da escola fala em alto e bom som. “ Vou denunciar você na Delegacia de Policia e dizer que fui agredida por você, se não parar de filmar” Claro que ninguém acreditou. A “otoridade” foi mesmo. Na maior cara de pau, acreditando e apostando na impunidade que sempre ampara esse tipo de funcionário;
Um detalhe importante : a professora com mais ou menos 80 quilos, a mãe uma mulher franzina que se tiver 50 quilos tem muito. A mãe com a máquina na mão e segundo as testemunhas em nenhum momento largou a máquina para agredir a professora.
O pior de tudo, não é o Delegado de Policia acatar a denúncia mentirosa da professora. O pior foi o Assessor do Governador do Estado de São Paulo fazer uma defesa pífia e alegar que a Professora usou os dispositivos legais e usou a lei do Desacato ao Funcionário Público no exercício de sua função e que nada pode fazer…Faz também a defesa sem ouvir os pais presentes…. A Lei do Desacato não pode afrontar a Lei que ampara o cidadão de defender seus filhos e a cidadania ao registrar um fato criminoso cometido pela escola.
O Governador do Estado na pessoa do seu assessor Dr. Rodrigo Tavares se esquecem que lavar as mãos é um gesto covarde. Se esquecem que Poncio Pilatos também fez isso e ficou conhecido como o homem das mãoes mais sujas da história do Cristianismo

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “LULA, O GOVERNADOR ALCKIMIN E PONCIO PILATOS DE SÃO PAULO

  1. HELOISA HELENA

    Não entendi o Lula no título.