Secretaria de Educação de SP, não elege seus deputados, e agora ???

imagesFernando PadulaRESULTADO DE ELEIÇÃO PODE SER SURPREENDENTE MESMO !
São Paulo é um estado que assusta, surpreende , encanta e amedronta muita gente. Reelegem um governador que está detonando a Escola Pública e criminalizam os pais e alunos ao mesmo tempo que incentiva os maus professores. Foi reeleito mesmo assim.
Outro fato estranho é o da Secretaria Estadual de Educação não ter eleito nenhum Deputado. Foi uma campanha milionária, onde aulas foram as mais prejudicadas. O ano inteiro de 2013 foi dedicado a campanha eleitoral, com viagens caríssimas e Dirigentes Regionais como o da Sul 3 até reunir os pais com promessa de discutir assunto relevante e era para apresentar o seu candidato.
O candidato do Dirigente Sul 3 não gozava da simpatia do todo poderoso, o homem que manda na SEE manda mais que o Secretário. Um homem que não se pode negar seu talento. O Dirigente da Sul 3 dizia do seu candidato “ vou eleger o …” Comentava-se que o Dr Padula não gostava nem do candidato e nem do Dirigente, mas fazia vistas grossas e não usava o seu poder absoluto para impedir as práticas do Dirigente.
Surpreendentemente o candidato que não contava com a simpatia do Poderoso Padula, perdeu. Junto perde o cargo o Dirigente Regional da Sul 3, um dos mais denunciados pelo Manuel Tertuliano, um líder singular da Região de Parelheiros, e batalhador incansável pela qualidade do ensino.
Vai perder o cargo e já perde tarde !!
Resta saber se o Padula vai trocar o Nho Ruim por um Nho Pior, que na Escola Pública do Estado de São Paulo eles sempre encontram um jeito de piora-la

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Secretaria de Educação de SP, não elege seus deputados, e agora ???

  1. Sandro Junqueira

    Cremilda será que você não consegue elaborar um texto que seja inteligível? Vê se fala coisa com coisa, seu texto não respeita a norma culta da língua portuguesa, não tem coesão, não tem início, meio e fim. Lastimável.

    • Cremilda Teixeira

      Pois é né ??? Então estamos quites. A escola pública de São Paulo também não respeita ninguem, não tem início, meio e fim e eu também lamento..