QUANDO A IMPRENSA NÃO ACEITA, A ESCOLA ESTADUAL NÃO FECHA…

9nlVxDuas escolas estaduais não fecham graças a intervenção da imprensa.
A imprensa é o reflexo do país. Imprensa é o quarto poder. Faz leis. A imprensa é responsável por leis que pegam e leis que não pegam. Prende pessoas, solta pessoas, elege politico em qualquer nível, elege e depõe Presidente. No Brasil a imprensa sempre ignorou os pais e alunos de escola pública e quando denuncia impede que escolas fecham, pena que quase nunca se preocupam.
Desta vez a imprensa: A Globo e o Jornal Agora impediram duas escolas da zona sul de São Paulo fecharem.
A E.E. do Chácara das Corujas, única no Grajau foi fechada por ordem da Defesa Civil, corre o risco de desabar. A imprensa poderia ter feito mais ao invés de divulgar o fechamento da mesma. Ao invés de entrevistar o Dirigente da Diretoria Sul 3 enchendo a bola do cara, devia perguntar onde ele estava, e porque deixou a escola chegar a esse ponto de abandono. O Dirigente da Sul 3 não ia dizer que faz dois anos que está fazendo campanha eleitoral para o PSDB e nem que está preocupado em juntar pessoas para fazer palanque a um candidato a Deputado Estadual indicado pela SEE. Se a imprensa perguntasse onde o Dirigente da Sul 3 estava que não viu a escola ruir aos poucos , ele ia enrolar, mas ia ficar numa saia justa daquelas…
Se a imprensa não divulgasse, a escola fecharia e os 480 alunos ficariam na rua e ponto final Ninguém está preocupado com alunos de escola pública e muito menos em bairro pobre.
Então os alunos serão remanejados para outra escola longe, já que a E.E.Chacara das Corujas é a única do Grajau. Vão para o bairro de Socorro, para a E.E.ITURBIDES BOLIVAR ALMEIDA SERRA, onde tem oito salas ociosas.
Como pode uma escola numa lugar onde é populoso e tem milhares de crianças sem escola manter 8 salas ociosas ? Claro ululante, mais ululante, berra que é mais um abuso, outra escola que fecharia e a desculpa é que não tem demanda. Bem demanda tem, mas não são alunos nos moldes que a escola quer : são pobres, normais, se mexem nas carteiras, perguntam, brigam, querem brincar e conversar, dão trabalho e esses a escola expulsa. Expulsa e fecha a escola como já fecharam mais de 500 no Estado de São Paulo.
Se a imprensa se preocupasse e pedisse uma investigação séria, se o nosso quarto poder não tivesse engessado na corrupção, que quanto mais o povo é ignorante, mais aceita a corrupção como inevitável. A imprensa dorme…Nosso quarto poder tão anestesiado e equivocado quanto os outros três poderes. Legislativo, executivo e judiciário…
Aí de nós…

Anúncios

Comentários desativados em QUANDO A IMPRENSA NÃO ACEITA, A ESCOLA ESTADUAL NÃO FECHA…

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.