A GRANDE FESTA QUE É A ESCOLA PÚBLICA DE SÃO PAULO…

A GRANDE FESTA QUE É A ESCOLA PÚBLICA DE SÃO PAULO...

As aulas foram antecipadas para que possam parar nos jogos da Copa do Mundo, já por aí começou errado. Educação deveria ser prioridade absoluta.
Só que Educação e Escola Pública são o que menos interessa, as escolas tiveram seu calendário adiantado mas sem professores. Aliás foi o que aconteceu o ano passado todinho, mas agora como é ano eleitoral e todos estão chutando da medalhinha para cima e do umbigo para baixo um palmo. A Escola Pública começa palidamente a ser questionada pela imprensa.
Tivemos concurso para contratar professores. Num concurso tem vários trâmites entre eles exame médico, recursos e uma porção de papelada que não dá para fazer em menos de um mês. Sabendo disso a SEE devia ter feito isso em Dezembro. As aulas começariam com professores efetivos e temporários já com suas aulas escolhidas. Deixaram para fazer isso incluindo o Planejamento depois das aulas começadas. Imagina começar e depois Planejar ? Não dá certo em nenhuma situação.
O mês de Dezembro foi o mês da folia, da festa e das comemorações. Comemoravam não sei o quê, mas comemoravam. Viajaram o mês inteiro até para Ilha Bela entre outras instâncias turísticas os professores iam em turmas enormes. Saiam de São Paulo, para se reuniram em Águas de Lindoia e outras instâncias turísticas. Com tanta sala vaga, tanta escola vazia eles tinham que ir em instâncias turísticas se reunir para decidir e discutir a escola ? Numa dessas reuniões numa Instância Turística foram até alunos. Era para conversar com eles e explicar como seria a escola de Ensino Integral de 2014. Ora para explicar as regras era só a Diretora reunir todos no primeiro dia de aula e pronto. Levar um batalhão de gente numa instância turística para isso ?
Ao invés de fazer reunião em cada diretoria convidando seus diretores e organizar, saíram da cidade e foram sassaricar em lugares aprazíveis a peso de ouro . Agora começam as aulas sem professores e sem planejamento. O Secretário da Educação disse que vai apurar. Onde ele es tava na hora que saíam as caravanas para o Interior. Não era coisa que se fizesse escondido, uma vez que até eu fiquei sabendo e quando foram para Ilha Bela lugar de turismo caríssimo botei a boca no mundo. Nem o Secretário e nem o Governador sabiam ?? Sinceramente.
Professores temporários são fáceis de contratar, leva três dias no máximo, eles tem pouquíssimos direitos, podem ser demitidos e não podem faltar. Então são os melhores professores de modo geral, sabem que não tem a estabilidade que deixa o concursado inclusive inimputável, só que esses tem que esperar os concursados assumirem e então fica todo mundo sem aula. Não falta professor, está assim de bom professor esperando abrir as inscrições e segundo a Apeoesp são 52 mil temporários….
Um dos problemas é que aquelas aulas onde o concursado falta e assina ponto, o temporário não pode suprir, então esse é um dos pontos cruciais da aula vaga. Com uma simples fiscalização periódica seria resolvido, para isso precisaria envolver os pais, que professor fiscalizando professor não tem jeito mesmo. Sem os pais fiscalizando e com um Secretário que não sabe de nada, fica difícil mesmo.

Anúncios

Comentários desativados em A GRANDE FESTA QUE É A ESCOLA PÚBLICA DE SÃO PAULO…

por | 31/01/2014 · 10:56 am

Os comentários estão desativados.