NÃO BASTA SER PROFESSORA, TEM QUE SER EDUCADORA.

NÃO BASTA SER PROFESSORA, TEM QUE SER EDUCADORA.

Logo que ví no FACEBOOK, percebí que alguma coisa estava errada. Nunca ví nenhum caso de professora de 90 anos ser algemada e presa, jogada num camburão como se fosse um criminoso. Sei de milhares de casos de alunos presos, por motivo fútil.
O que me levou a discutir o caso, foi a onda de ódio voltada contra os pais e alunos, já tão desconsiderados, aviltados e sem nenhum tipo de apoio e respeito.
Um pai chega a desejar que pudéssemos colocar o pai denunciante preso com 120 cães famintos para ser devorado vivo.
Outros chamam alunos de “criaturas perversas” ou que “alunos precisam ser domesticados uma vez que são animais ferozes.”
A questão é simples e clara. A solução também.
Diante do quadro dantesco que se mostra a nossa escola pública, todos temos que nos juntar para resolver e dar o remédio para a escola pública doente.
O remédio é amargo, mas cura.
Professor é a profissão mais importante que existe. Educador é vocação. Para ser um educador o professor tem que ter vocação.
Temos uma escola falida moralmente, sem nenhum escrúpulo, e sem nenhuma fiscalização efetiva por parte da sociedade civil. Os pais que pagam a conta e usam o serviço público s ão tratados como pessoas indesejáveis. Alunos são os piores inimigos.
Claro que os Educadores são diferentes, são respeitados pelos pais e alunos. São tão poucos na escola que os persegue tanto quanto perseguem os pais e alunos, aos poucos vão sumindo e dando lugar os péssimos profissionais.
Ensinar é algo que exige muito talento. Coisa que o Educador faz com um pé nas costas e um mau professor não faz nem com “exorcismo’ Exorcismo que o mau professor quer aplicar nos seus alunos, com direito a tortura e etc.
Como exageram na dose e colocaram a foto que seria de uma ladra, para ilustrar a denúncia do crime hediondo, que teria o governo de Belo Horizonte cometido contra um anjo de candura.
Os pais denunciaram que os alunos no lugar de aulas, estavam fazendo trabalho braçal dentro da escola.
Claro que os maus professores adoraram. Trabalho braçal ia cansar e “amansar” os alunos. Eles nem precisariam ministrar aulas.
Era o paraíso do diabo.
Só que não deu certo. Exageraram tando na dose que mesmo a imprensa local não tendo dado atenção ao fato, já que a polícia teria elaborado um BO, recorreram ao FACEBOOK
Não deu certo também, e vale a velha sabedoria popular.
” O Diabo ajuda a fazer, mas não ajuda a esconder ”

Anúncios

Comentários desativados em NÃO BASTA SER PROFESSORA, TEM QUE SER EDUCADORA.

por | 05/01/2014 · 10:44 am

Os comentários estão desativados.