Professora da Rede Pública, presa após ensinar alunos a não sujar escola.

Professora da Rede Pública, presa após ensinar alunos a não sujar escola.

A imagem choca tanto quanto o título. Uma imagem de pessoa idosa desolada.Uma professora, categoria endeusada e tida como santa,logo provocou no Face uma onda de indignação e revolta. O que me fez dar uma rápida investigada foi o ódio destilado pelas pessoas contra o pai que denunciou a “heroína” junto com os comentários contra os alunos: demônios não domesticados que infestam a escola para atrapalhar as coitadas das santas das professoras que só querem ensinar.
Primeiro: a foto é falsa. Essa foto seria de uma assaltante de joia e não da professora que nem tem 90 anos. A professora está aposentada sim, mas como se aposentam com 25 anos de trabalho e podem ingressar na carreira com 18, uma professora pode se aposentar com 43 anos, e normalmente elas continuam dando aula com salário dobrado, e sem nos esquecermos que o salário é integral.
A professora nem foi em viatura. Foi intimada a explicar o motivo de mandar alunos lixar, pintar e fazer pequenas reformas dentro da escola na hora que deveriam estar tendo aula.
Isso é sim exploração do trabalho infantil em primeira vista. Segundo que essa não é a funçao da escola. Aluno não está ali para trabalhar e sim para estudar.
Depois vem o fato de que trabalho voluntário se faz para a comunidade, para o povo. Trabalho voluntário para o Estado é exploração sim, é burrice também.
Temos um dos mais altos impostos do mundo. A Escola Estadual de Belo Horizonte, Escola Professor Caetano Azevedo, na região central da cidade tem verba sim para limpeza e conservação do prédio.
Aluno fazendo o serviço de limpeza, pintura e pequenos consertos, está também tirando o emprego do profissional dessa área.
Então se você vir essa foto e ficar na primeira vista comovido, lembra que nem tudo que sai na internet e no Face pode ser verdade.
Se era intenção de valorizar o professor, não é com notícia falsa que se consegue algo verdadeiro.
O falecido Professor Carlos Ramiro, presidente da Apeoesp sempre dizia que o professor é a profissão mais bem avaliada pelo povo, só perde para o Corpo de Bombeiros.
Não precisa forçar a barra, o povo gosta de Educador, sabe que Professor é a profissão mais importante que existe, o que não pode é endeusa-lo. Professor não é Deus, é um ser humano que pode errar e quando erra, erra grandão.

Anúncios

88 Comentários

por | 04/01/2014 · 1:56 pm

88 Respostas para “Professora da Rede Pública, presa após ensinar alunos a não sujar escola.

  1. Sophos

    Não sei de onde tirou que os professores ficam fazendo fofoca no horario de aulas. Os professores ficam na sala de professores no intervalo em suas aulas, como suas aulas são de 50 minutos e alguns só trabalham 20 horas semanas é comum que esperem na sala dos professores até o horario de sua aula. Não há professor que fique na sala de professores quando deveria estar dando aula. Tambem é mais que ilusorio achar que os professores devem vigiar o patrimonio público, há pessoas especializadas nisto chamadas de guardas municipais, em alguns casos os professores podem tolher quando veem abusos, mas não sei se notou mas há uma quantidade bem menor de professores do que de alunos, sendo portanto impossivel que todos sejam vigiados (e ninguem quer isso!), o aluno pode simplesmente aproveitar o horario do intervalo enquanto professores trocam de salas para pixar. Não sei se você não entende isso por que não quer ou por que não pode, mas é obvio para qualquer um,.

  2. Sophos

    Não sei de onde você tirou que o aluno (que era adolescente e não criança como você insiste em afirmar) perdeu aulas para pixar.
    Ele levou cerca de 1:30 segundos pintando a parede… O ato foi de vandalismo patente na afirmação dele de que seria o primeiro a pixar o colégio.
    A escola havia sido pintada no final de semana anterior por alguns professores e pais de aluno (que pegaram na massa cremilda embora voce teime em afirmar que ela estava na sala de professores, isso tb é falado na reportagem).
    A professora acompanhou o aluno passando o rolo (bem mal passado) na parede enquanto falava que aquilo era um patrimonio dele mesmo.
    É clara a intenção educativa da ação, ninguem passou tardes em trabalho escravo como você em seus delirios afirma.
    E a educação em temas que não apenas os conteúdos são previstos nos pcns.
    A unica coisa que não bate é que ela errou ao não comunicar ao ministério público como aqui na Bahia se faz (aqui o ministério público convoca uma vez por ano os pais dos pixadores e os proprios pixadores para pintar o colégio sob pena de responder por danos materiais).
    Mas é obvio que sua intenção nesse blog é demonizar professores, elegeu-os como inimigos da educação em seus delirios e passou a ataca-los sem dó ou piedade. Seja pela greve que fazem baseada em um direito constitucional, seja pela tarefa educativa dada a um aluno que pixou a parede de um colégio.

  3. wakeupladies

    Leiam isto, por favor. Tem que pesquisar antes de espalhar boatos. Mas leiam até o fim porque tem atualização. Obrigada.
    http://www.e-farsas.com/professora-e-presa-apos-ensinar-alunos-nao-sujar-escola-em-bh.html

    • Cremilda Teixeira

      de qualquer maneira a professor seia uma ladra emoutro congtexo,mas uma ladra tal e qual a idosa da foto

  4. Alex

    Quando li a análise da dona Cremilda sobre esta notícia, achei que essa dona Cremilda Teixeira fosse alguém importante na ordem do dia, mas vendo sua descrição no Blog, percebi que é apenas uma pessoa desocupada enfrente a um computador falando um monte de asneira e dizendo ser uma pessoa “preocupada com o baixo nível da educação no Brasil” criticando de forma generalizada as escolas e os professores de todo Brasil, como se eles fossem os responsáveis por essa M#*#@ que esta a educação Brasileira. Esta pessoa fala tanto em “pedagogia”, “verba” mas pelo visto, nunca leu uma linha se quer da LBD, não sabe como funciona um PDDE, nunca fez parte de um instancia colegiada e por ai vai. É plausível ver pessoas preocupadas com a educação no Brasil, no entanto deve-se analisar o sistema educacional brasileiro como um todo, não apenas a ponta do iceberg, que são as escola. Dona Cremilda percebi que a senhora, senta um pau geral em todos os professores como se eles fossem o ópio do sistema, esquece das grandes corporações (editoras), os lobistas no congresso Nacional, o próprio MEC, etc. Se esta tão preocupada com o baixo nível de educação no Brasil, sugiro começar a se preocupar com o seu nível de conhecimento de como funciona o Sistema de educação no Brasil, que isso é um problema construído de forma errada historicamente deste a chegada dos jesuítas. Não sei como funciona a educação ai no seu estado pois sou aqui do Paraná, mas acho que não deveria julgar nem generalizar todas as escolas e todos os professores do Brasil, quando só se conhece a realidade de uma única escola local. Gostaria de entender qual é o objetivo, ou a função social de seu Blog?? Pois a senhora prega um ódio mortal contra os professores sem exceção. Se esta preocupada com o baixo nível da educação no Brasil, não deveria estar ao lado de quem esta lutando para melhorar a educação, que são os professores??????

    • Cremilda Teixeira

      Então, se não tenho importância nenhuma, não tem porque se preocupar, não é mesmo ?

  5. Ebano

    Digo apenas uma coisa. Criticar a escola, os professores e a equipe técnica é fácil, difícil e viver na pele deles. Então, sugiro a esta senhora que faça uma licenciatura qualquer e vá dar aulas, pelo menos por um ano, pra sentir na pele o que é ser professor. Sentir na pele o que é tentar fazer um bom trabalho com tudo jogando contra. Entender o que é dividir de maneira forçada o espaço com crianças e jovens que não tem a menor ideia do que é respeito mútuo e, no meio desta bagunça toda, tentar ensinar algo. Ficar na mesma sala com jovens que frequentam o mundo do tráfico, com gente drogada e, muitas vezes, armada. Aí, talvez entenda que a “fiscalização” pura e simples não resolve nada, correndo-se o risco de uma imensa inversão de valores. Esta ideia de que a escola não funciona pois os professores são uns vagabundos é o discurso de direita que temos hoje e, basta dar uma olhada no caos que nos encontramos pra ver que não funciona. Vivemos em um país onde o errado é o certo. É por isso que larguei a vida de professor e vários amigos meus, com excelente formação, preferiram fazer outra coisa a serem humilhados em sala de aula de escola.

    • Cremilda Teixeira

      Fez muito bem em deixar a profissão de professor, pela qual o senhor parece não ter nenhuma vocação, ainda bem, menos mal !

  6. Antônio Carlos

    Se o ônus da prova é de quem denuncia, tem-se que provar que todas as professoras estavam “fofocando” enquanto os alunos “limpavam” a escola… pois, falar , comparar, o que acontece no Japão (outra cultura, outra educação) demonstra que se conhece muito lá e pouco as escolas e o ensino no Brasil… a educação de uma criança deve começar em casa e ser complementada na escola… Por que será que os professores estão debandando, mudando de profissão, desistindo de ensinar? O desrespeito aos educadores é inversamente proporcional aos seus salários… e pixar a escola é uma forma de desrespeitar o local onde se obtém o aprendizado, e gratuitamente. Já pensaram em perguntar a opinião dos próprios alunos ? Admito que tem professor que não está nem aí para o ensino… mas existem profissionais super comprometidos que ainda tentam ensinar, educar e sofrem por sentirem-se incompetentes por conta de Leis e opiniões, como muitas expostas aqui, que os desestimulam a continuarem com seu trabalho… Tem professor sendo assassinado pq reprovou aluno que não queria nada com estudo… outros apanhando pq pediram para desligarem os celulares dentro da sala de aula… Se todos os pais seguissem o exemplo desse que fez a denúncia…ora… não haveriam pixações… pois todos os alunos seriam educados, orientados, para não pixarem suas escolas…Isso é lógico, concorda? Infelizmente a Educação em nosso pais está muito aquém dos países de primeiro mundo…o que é uma pena pois somos um povo que “exporta!” mentes inteligentes…

    • Cremilda Teixeira

      No caso de funcionário público é ele que tem que provar o que ele estava fazendo enquanto os alunos faziam limpeza, peqeunos conseros e pintura da escola. Se os maus professores fossem a minoria não teríamos uma escola tão ruim, falida moralmente e com alunos tão desperaparados.

  7. dani

    Seus comentários não tem fundamentos e você faz críticas carregadas de frustração (ou inveja) em relação à figura do professor. Como a internet é democrática (e perigosa)! Qualquer um escreve baboseiras e pode expressar seu ponto de vista, ainda que sem nenhum embasamento. Péssimo seus textos e seus argumentos!!!! Estude mais sobre o assunto para aventurar-se em um debate racional!

    • Cremilda Teixeira

      Pois é …a internet é tão democrática que permitiu que se divulgasse que uma professora, aposentada de 90 anos que fazia um trabalho voluntário, foi presa e jogada em um camburão apenas por que estava ensinando os alunos a não pixar a escola. Quase deu certo, o pai que denunciou o abuso da escola correu risco por ter exe rcido sua cidadania. Não deu certo os senhores se aborrecem.

      • Edivaldo Júnior

        Nem um pouco democrática…

      • Cremilda Teixeira

        Claro que a culpa é da escola e do professor. Se professor fica sumido da escola por meses a fio, então vai querer que aluno vá na escola ??? Este ano em São Paulo pode contar nos dedos de uma mão e sobra dedo a semana que teve aula a semana inteira… Pela lei se aluno faltar 3 dias seguidos tem que informar os pais, mas se os professores mais faltam do que vão, como vão informar qualquer coisa °

  8. Regina

    Em primeiro lugar criticar é fácil, então porque não vivenciarmos o dia-a-dia de uma escola, só para averiguar as situações críticas de uma escola. Criticar a instituição de ensino é fácil, quero ver bater de frente com pessoas poderosas ligadas a crimes organizados, denunciar pessoas criminosas. Parece que isso precisa se resolver de dentro para fora. Enquanto estamos ausentes da situação, fica difícil falar com exatidão, certeza e clareza. Liberdade de expressão todos tem, mas tem que saber o que falar, quando falar e porque falar. Todos falamos o que pensamos, mas até que ponto isso é a verdade?

    • Cremilda Teixeira

      Pensar que os pais não sabem o que ocorre dentro da escola é uma ilusão
      Os pais e alunos sabem de cor qual o bom e qual o mau professor. Aluno também
      O que a escola tem é falta de fiscalizãção.
      Falar em fiscalizar o trabalho do professor é como uma heresia.
      Pagamos um alto imposto e não podemos criticar o trabalho de uma professora pago com nosso dinheiro ?

  9. Onus da prova é para quem acusa.
    Estou comentanto e contestando a divulgação de um texto.
    Com funcionário não tem isso, vocês é que tem que provar que aquela foto é da professora em questão. Tem que provar que arrastaram e jogaram a professora num carro de polícia.
    Tem que provar que os alunos não limparam a escola inteira e durante o periodo das aulas.

    • Jandira

      Teu texto tem erros, atualmente nenhum professor se aposenta com 43 anos. A aposentadoria do professor por tempo de contribuição é cinco anos mais cedo. O professor tem direito a aposentadoria aos 30 anos de contribuição e 55 anos de idade e a professora aos 25 anos de contribuição e 50 anos de idade, desde que comprove o tempo de efetivo exercício em função de magistério na educação infantil, no ensino fundamental ou no ensino médio. E a notícia é verídica pois está no jornal local. PESQUISE.http://jornaloguarany.blogspot.com.br/2014/01/belo-horizontemg.html

      • Cremilda Teixeira

        Mesmo com 50 anos uma mulher está em pleno vigor físico e mental, e se aposenta e continua na escola, sianl que seu trabalho nem é tão extressante assim.

    • Marcos Scatolino

      Falar em ônus da prova aqui é simples! Sim, concordo que a noticia PODE ser realmente falsa e também que a professora errou se fez isso simplesmente por fazer. Mas você também fez acusações, logo também possui a responsabilidade de provar aquilo que disse. Falar que as pessoas são burras em fazer um serviço voluntário para o Estado mostra que você não é uma cidadã que liga muito para as coisas, é a pessoa do tipo “o governo que tem que fazer isso”. Se pensa assim não pode nunca procurar um hospital particular e nem ter um plano de saúde pois o SUS tem que dar conta e atender bem, não acha? As instituições de combate ao câncer, as pessoas que ajudam vítimas de enchentes e moradores de rua estão sendo burras em ajudar os outros também né, pois o governo que tem que ajudar. Pensar “O governo tem” é apenas uma maneira de se isentar com uma justificativa egocêntrica. Não estou tirando a culpa do governo, sim eles deveriam SIM fazer tudo isso. Mas eles não fazem, e ai? Ficaremos olhando e reclamando da vida enquanto as coisas não acontecem ou fazemos com que ela aconteça e depois damos um jeito de realmente cobrar que isso seja feito daquele ponto em diante, apesar de que quando o povo manifesta sua vontade em nosso país somos massacrados, atacados e presos como agressores do sistema.

      • Cremilda Teixeira

        Trabalho voluntário não é substituir o trabalho do governo. Em enchentes o povo ajuda, mas não vai dirigir o carro dos bombeiros enquanto o bombeiror vai tomar cerveja no bar. aIsso e que o pais reclamou. Colocar alunos para fazer trabalho braçal enquanto so professores não faziam nada, ou fofocava. ou sei lá o que pode ser atée que naõ estivessem dentro da escola. Escola é para ensinar não reprovar.

  10. Sophos.

    Não você não conhece o Japão.
    Não sabe nada das escolas de lá.
    Meu comentário não foi revisado e por isso peço mil desculpa a todos.
    Essa que não se identifica deve ser quem ajudou a plantar a noticia falsa.
    Para você quem dá aula de graça é burro.
    Quem faxina a escola sem querer é um escravo.
    Pior ainda, escravizam crianças.
    O Estado paga e paga bem Se a verba não chega no aluno, alguém acima dele fez a divisão errada para ser mais amena.
    Os pais devem cobrar de quem dividiu a verba e não pagar e ainda aceitar que seu filho não estude e passe a fazer na escola o serviço que é de outros.
    Se a escola está tão suja e cheia de pichações onde estavam todos que não viram a pichaçâo sendo feita e dentro da escola também ?
    Se a escola recebeverba suficiente para uma escola de primeiro mundo e é um padieiro a culpa não é do aluno e nem dos seus pais.
    Claro que o dinheiro dos impostos vem do suado trabalho dos pais, que apenas pagam…

    • Sophos

      Cremilda não tenho nada a lhe provar, muito menos onde moro ou morei. Já disse a afirmação primária é sua e portanto a ti cabe o onus da prova. Vá numa comunidade brasileiros no japão no facebook e faça a pergunta e eles vão lhe confirmar o que eu te disse.

      Só no seu planeta é que as verbas da educação dão para pagar todos os custos. Neste ano de 2013 o estado gastou menos de 2043 reais por aluno. Esse dinheiro deve pagar pessoal (professores, funcionários), manutenção e construção de instalações (salas de aula, quadro branco, carteiras, mesas, etc) , material pedagógico (livros didáticos, cadernos, carteiras, fardamento, lapis, caneta, giz, tvs, videos, revistas, livros paradidáticos, livros para biblioteca, etc), merenda escolar, transporte escolar, bolsa escola, preparação de exames nacionais, etc.

      Só para que tenhas uma ideia do quão isso é pouco, em portugal um dos países mais pobres da europa o estado investe 4415 EUROS, isto é 14.223 reais! Cerca de 7 vezes mais que o podemos investir em alunos! E estou comparando a educação pública. Quando comparamos ensino público e privado a diferença é ainda maior!

      E você quer vir me dizer que o dinheiro é muito??? Serio querida Estella em que mundo você vive? Te convido a descer para o mundo real!

      E culpar aos gestores pelos alunos pixarem a escola é no minimo risivel! Não é apenas a escola que está cheia de pixações! É toda cidade! Quer culpar ao gestor pela pixação?Então teria que culpar tambem ao dono da casa pelo pixador que foi la e sujou o muro que ele gastou tanto para pintar. Serio moça, em que mundo você vive para querer culpar a vitima (a escola) pela falta do marginal(izado)?

  11. Mário

    Na Inglaterra, quando um pexador é mpego vai a justiça e invariavelmente os juizes os condena a 36hora de limpeza de muros pixados e se não houver pixação suficiente para as 36 hora de pena então vai limparruas e parques pra completar as horas. Será que estes juízes estão praticando trabalho escravo? Tirando trabalho dos garis? Abusando de poder?

    • Cremilda Teixeira

      Não sei em que contexo você está comparando aluno de escola pública com criminoso comum, Vamos cmparar sim com a inglaterra, mas no momento estamos em Belo HOrizonte.

      • ele não comparou com criminosos…. comparou com pixadores e é o que são… esqueceram seus papéis de alunos, pois não aprenderam o civismo e o respeito ao patrimônio comum! Entendo sua defesa contra o trabalho infantil, mas não consigo compreender sua defesa em não consertar a palhaçada que fizeram, a depredação que fizeram. Eles sim mereciam ser punidos e levados ao conselho tutelar por não terem pais para educar e principalmente para punir pelas pixações.

      • Cremilda Teixeira

        Do mesmo modo com que a professora e toda a equipe da direção deveriam serem presas e responsabiliçzadas por ter colocado aluno para t rabalhar em horário que deveriam estar dandoo aula . No rigor da lei são ladras como a da foto. A Direção e as professoras roubaram o tempo e o imposto que os pais pagam e violaram o drieto do aluno aprender.

      • Cremilda Teixeira

        Não, não erraram Onde estavam os adultos quando eles estavam escrevendo na parede da escola ? Com certeza estavam no mesmo lugar onde ficaram quando colocaram os alunos para fazer limpeza pintura e pequenos cnsertos na hora que deveriam estar na sala de aula.

    • Cremilda Teixeira

      Mario.O que se questiona é o seguinte:
      Trabalho infantil é crime.
      Usar criança e adolescente para limpar e fazer pequenos reparos na escola em horário que deveriam estar estudando é crime.
      Na Inglaterra e em nenhum lugar no mundo isso seria tolerado.
      Enquanto os alunos faziam o serviço braçal, as professora ficavam fazendo fofoca na sala dos professores ou pelos corredores ?

    • Den

      Mario, voce esqueceu de dizer que na Inglaterra, o que teoricamente aconteceu nessa noticia, muito provavelmente faria a professora responder judicialmente por perdas e danos e constrangimento ilegal, e quase certo ela nao daria mais aulas por um bom tempo.

      Na Inglaterra, em escola nenhuma, crianca faz trabalho bracal. E qualquer atividade extra-curricular tem que ser obrigatoriamente consultado com os pais\guardiao previamente. Se o pai nao concordar, a crianca simplesmente nao participa pois a escola sabe que sera~responsavel criminalmente por qualquer ocorrencia.

      • Sophos

        Den em primeiro lugar não se trata de crianças mas de adolescentes. e sim na inglaterra adolescentes são com frequencia condenados a trabalhos comunitários.

  12. paulinhoccc

    Nao vejo nenhum problema em colocar os alunos pixadores para limparem suas pixacoes, mas isso, nada mais, alem so por vontade propria e muito mais com a participacao dos pais q dos alunos. Todos sabem q verbas para educacao sao desviadas, raramente sao usadas em 100% onde deveriam, e quem pode, deve fazer um pouco para melhora as condicoes de trabalho, de estudo, e claro, nao deve ser um habito, mas sim um curativo passageiro. Cobrar das autoridades, escolher de forma seria em quem votar, sao tambem fundamentais, mas ficar de bracos cruzados achando q o outro eh q tem q fazer e nao fazer nada… ai sim eh burrice.

    • Cremilda Teixeira

      Não tenho nenhuma informação nesse sentido da Inglaterra, mas com certeza posso afirmar que em emnhum pais do mundo se aceitariam colocar aluno para fazer serviço braçam em horáio de aula.
      O que não querem é ser cobrados, e temos sim muito que discutir aqui que é o 86 país em qualidade de ensino. Não seique lugar a Inglaterra está, mas lá se pode ensinar os filhos em casa.

    • Cremilda Teixeira

      Estou fazendo a minha parte.
      O pai que denunciou o abuso também exerceu plenamente a sua cidadania.
      Não vamos ficar de braços cruzados e derrubar desse andor de ouro o professor que está longe de ser um Santo

  13. ola tudo bem amigos.lendo essa publica no face.alguém pode me dizer a fonte dessa informação. Os fatos são verdadeiros ou não.fico no aguardo.

    Por outro lado achei interessante os comentários e discussões aqui neste site.” sendo discutido a Educação e Ética no país” isso é importante sinal que estamos no caminho certo.

    • Cremilda Teixeira

      Edvaldo, a notícia saiu no FACE e fui buscar mais informações. Fiquei preocupada com o pai que fez a denúncia. Parecia que o ódio contra alunos ia acabar inflamando a população e o pai poderia ser linchado como alguns propunham.
      Um pais que exerceu a sua cidadania plenamente estaria correndo sério risco, Foi isso.
      Obrigada.

      • quero agradecer aqui pelo retorno a minha indagação sobre esse assunto.
        mais uma vez volto a lembrar que a discussão sobre a ” Educação e Ética”.comentada por todos os participantes.discordando e concordando. É importante.afinal é assim que se constrói um país justo e igual.debatendo e chegando consenso. É isso.abços

  14. C. Márcio Silva

    Detalhe, qualquer pessoa pode ser presa preventivamente ou detida para averiguação, mesmo que esta não tenha sido ainda condenada.

    Obrigado pela atenção de todos. Deus os abençoe!

  15. C. Márcio Silva

    Queridos Amigos,

    infelizmente no Brasil é sempre assim: muitas pessoas bem intencionadas, mas muito mal informadas, estas são as que estão comendo qualquer prato feito sem saber de onde veio o alimento (refiro-me aos boatos sem qualquer confirmação de sua veracidade).

    Hoje a sociedade julga sem se preocupar com as consequências na vida das pessoas envolvidas, sem qualquer investigação, analise, conhecimento ou provas documentais ou fotográficas que sirvam de base testemunhal do caso.

    Assim, todos acabam por falar, comentar e discutir, até ao ponto de se agredirem verbalmente quando na verdade todos nós estamos no mesmo barco, pois enquanto nós brigamos ou DISCUTIMOS as nossas divergências, os verdadeiros pilantras (que são os políticos corruptos) continuam a roubar e a sacanear o povo e ninguém diz nada.

    Quer começar a fazer algo proveitoso e bom, então faça como eu, lute e denuncie estes pilantras ao invés de ficar perdendo tempo discutindo algo que nem eu ou você sabe e não tem qualquer conhecimento de seu real conteúdo. Afinal, QUEM DAQUI conhece a tal professora pessoalmente ou estava lá presenciando tudo o que aconteceu para SABER O QUE A MOTIVOU e aos seus alunos a fazer tal limpeza na escola?

    Quando não se conhece pessoalmente ou através de provas contundentes o que aconteceu, não se pode condenar o suspeito de ter ou não praticado um delito. A não ser que o suspeito (a professora em questão) tenha sido condenada após apresentação das provas diante de um júri, onde o juiz tenha deferido a sentença de condenação.

    Bem, que Deus os abençoe e obrigado pela oportunidade de participar do debate. Amém!

    Abraço em todos de,

    Cláudio Silva – Jornalista
    > Humanista e Embaixador da Paz para o Brasil
    >Criador do Jornal Gazeta de Imperatriz – Maranhão

    • Cremilda Teixeira

      O problema querido é a demonização dos pais e alunos.
      Se o senhor é embaixador da Paz para o Brasil deve ter percebido como eu que por pouco o pai que fez a denúncia não foi linchado
      Um pai exerceu a sua cidadania plenamente. Não se faz Paz sem justiça.
      obrigada
      cremilda

    • Cremilda Teixeira

      Claudio não estamos discutindo pessoas. Nem quero conhecer pessoalmente a tal professora. Estamos discutindo atitudes.
      A primeira atitude que discutí foi o fato de divulgarem no FACEBOOK a noticia que uma professora aposentada, de 90 anos, que fazia um trabalho voluntáio na escola., foi jogada algemada num carro de policia .
      Como tinha um cometárista da matéria que pedia que o pai que denunciou a professoa podia ser jogado junto com 120 cães famintos me preocupou.
      Fui saber e no próprio FACE soube que a começar da foto, que era de uma ladra de jóias e não da professora. A partir das próprias professoras a verdade vai saindo.
      O que realmente teria acontecido não é um fato inédito e nem isolado, por isso me sinto confortável para debater.
      Muito comum reprovar aluno em massa e por vingança.
      Muito comum colocar aluno para fazer faxina na escola em horário que ele devia estar na sala de aula.
      Então é isso
      Acho que isso é PAZ, isso é trabalhar uma cultura de PAZ, paz com trabalho forçado e com crime é repressão.
      Aluno é o elo mais frágil dessa corrente.
      Obrigada eu pela atenção
      cremilda

  16. Tanta baboseira em um texto que dói: “Isso é sim exploração do trabalho infantil em primeira vista. Segundo que essa não é a funçao da escola. Aluno não está ali para trabalhar e sim para estudar.” Quem te disse que educação é puro estudo? É mais do que certo que o aluno limpe a escola, afinal, deve entender que o espaço público é pago com dinheiro da comunidade e deve ser preservado, não é de terceiros, é seu.

    “Depois vem o fato de que trabalho voluntário se faz para a comunidade” Desde quando escola não é comunidade. “Trabalho voluntário para o Estado é exploração sim, é burrice também.” Deus, o Estado não é uma empresa privada, essa desconscientização política só ocorre por aqui.. “Burrice influir-se nos papeis e na realização do Estado”, é por isso que temos esse país de corruptos, meter-se com o Estado é bobagem, deixe o Estado ser gerido por outros, que queiram..

    “Temos um dos mais altos impostos do mundo. ” Não, não temos, temos as maiores taxas, não valor de imposto..

    “criar uma heroina iqual aquela zinha que hoje é candidata a vereadora, a Amanda Gurgel. Logo a máscara dela caiu também.” Sua inveja não faz ninguém abaixo. Quem é a senhora para falar da prezadíssima vereadora Amanda? Que mascara é essa que desconheço. Seu problema é recalque reacionário conservador. Problema desses é não fazer nada e atazanar que faz.

    • Cremilda Teixeira

      Nao, escola não e Comunidade Escola é um espaço pago com o dinheiro público. Se tem a verba para manter a escola, fazer trabalho que deveria ser pago com impostos e sim exploração.
      Eu sou uma cidadã que estou exercendo meu direito de criticar inclusive a Professora Amanda.
      Educação na escola é a formal, não quer dizer que os bons exemplos não sejam o fundamenta
      No Japão professor faz faxina junto com o aluno em horárrio especifico e professor, por ser maior em tamanho faz o trabalho mais pesado.
      A máscara da professora Amanda é a de passar para o povo a idéia que ela queira o bem da educação quando queria era mesmo um cargo politico apenas. Como vereadora ainda não disse a que veio.

  17. Leo Oliveira

    Com tanta atitude para responder, poste o meu comentário e responda. Ou será que hipocrisia tornou-se a analogia para “moderação”?

    • Cremilda Teixeira

      Leo, onde você leu que este espaço é para qualquer tipo de comentário ?
      Onde você acha que está ? Na sua sala de aula ???

  18. leila pacheco n.timaco

    LEILA TIMACO-AS VEZES SOMOS PROVADOS UM POUQUINHO MAIS,CIENTE DA HUMILHACAO ,MAS NAO DEVE,PORQUE O APOIO RECEBIDO POR TODOS ESTE BRASIL E O VALE A VOZ POVO E A VOZ DE DEUS, NAO A VOZ DESTE PAI INFELIZ, E UM POLICIA IRRACIONAL ,VC PROFESSORA E A MESTRA QUE TODOS NOS QUEREMOS PARA NOSSOS FILHOS, NETOS E BISNETOS, NADA DO QUE SE ENVERGONHAR,,COMO A SENHORA EXIXTEM

    • Cremilda Teixeira

      Todos não. Eu não quero uma professora como essa para meus filhos, netos e sobrinhos. Não quero uma professora que ao invés de trabalhar , coloca alunos para fazer trabalho que deveria ser feito por profissionais Acho que as professoras que estão apludindo a coleguinha também não querem essa figura como professora de seeus filhos, seus filhos estão em escola particvular onde ocorrem muita violência, mas professora deixar de dar aula enquanto seus alunos fazem fazxina .

      • Sara

        Tinha um texto enorme pra escrever, mais depois dessa sua reposta calo minha boca, so tenho a dizer uma coisa sobre isso “HIPÓCRITA “.

      • Cremilda Teixeira

        Vai ver que o seu texto enorme não justifica professor não trabalhar, mentir no face book e outras coisas mais.

    • Cremilda Teixeira

      Não essa mulher e nem os outros que a apoiam não são nem Mestras e nem Educadoras. São um bando de oportunistas que aproveitam a impunidade da escola pública para nem fazer, e nem deixar os Educadores fazerem
      Quanto mais ignorante o povo, mais ele aceita a corrupçao como inevitável.

  19. Antonio

    Lamento por seus comentários que demonstram uma completa ignorância quanto aos objetivos da educação que vão, em muito, além dos conteúdos ministrados em sala de aula. Trabalho infantil só na mente de alguém muito ignorante.

    • Cremilda Teixeira

      O problema é que o povo não vai ser ignorante todo o tempo. Uma hora a máscara vai cair como caiu a máscara dessa pessoa que queria criar uma heroina iqual aquela zinha que hoje é candidata a vereadora, a Amanda Gurgel. Logo a máscara dela caiu também.

    • edy

      bom dia a todos.estava lendo essa publicação.sobre professora que foi presa no face.Alguém pode dizer se esta informação esta correta e a fonte de onde ela é? se tem fonte.

      obrigado.

      • Cremilda Teixeira

        a foto que ilustra a noticia é de uma ladra de joias, a professor tambem

    • O problema Prof. Antonio é que os senhores substimam a inteligência dos pais. Os pais sabem exatamente o que está errado dentro das escolas, só não tem para quem reclamar.

  20. Joana

    Acredito que vc tenha feito uma confusão, o fato de UM DIA ter UMA ação com o envolvimento dos alunos não tem nada a ver com tirar o trabalho dos funcionarios da limpeza da escola. O pessoal da limpeza continua com muita coisa pra limpar, e convenhamos, pixações não precisariam fazer parte disto.
    Alem disto ng sabe se esta noticia é verdadeira, nem vc. Até sgora ng ligou pra escola pra confirmar a veracidade do fato.

    • Cremilda Teixeira

      Engano seu. Liguei sim e foi mesmo o que eu suspeitava. A professora colocava os alunos para limpar a escola e os professores adoravam. Não pr ecisavam trabalhar. Só que exageraram na dose e fui atrás e Bingo !!

    • Joana, não se tapa o sol bom a peneira.
      Mesmo que fosse, o que não era, só um dia, o aluno não poderia perder nenhuma hora de estudo fazendo faxina.

  21. Querilda Cremilda, comecei a trabalhar aos 18 anos e, de acordo com os seus cálculos, me aposentaria aos 43. Seria ótimo, se fosse verdade.
    Procure saber um pouco mais sobre o plano de carreira dos professores e verá que cometeu um grande erro. Mas, como você mesma disse, “Professor não é Deus, é um ser humano que pode errar e quando erra, erra grandão.”
    Seu erro foi enorme! E vc nem precisou ser professora para errar grandão. rsrs

    • Cremilda Teixeira

      Só que eu quando falo de um erro de professor eu nunca erro. Dou o benefício da dúvida e não dá outra.Sempre torpo para estar errado e professroes nãoserem atão canalhas, mas são.

    • Aldaíza, eu não sou sua querida. Também não é minha querida professora que não gosta de aluno . Meus queridos são os Educadores. Esses sim
      Não basta ser professora e chamar os pais de “queridos” tem que ser educadora.

      • Aline

        Eu li seu texto e entendi o seu ponto de vista, mas infelizmente fui para os comentários e li suas respostas. Constantemente você é arrogante, sarcástica e extremamente grosseira com os que aqui comentam. Para que? Respire um pouco antes de postar, porque quando alguém expõe sua opinião, deve imaginar que não receberá apenas aplausos por ela. Porém, muitas vezes as críticas recebidas podem ser usadas para o nosso crescimento pessoal e profissional.

        Eu não concordo que os alunos limpem a escola em horário de aula, mas não vejo problema em, com a devida autorização assinada pelos pais, que eles ajudem a limpar a escola em um sábado ou horário diferente aos das suas atividades acadêmicas. Isso poderia ajudar no desenvolvimento das crianças e adolescentes, além de demonstrar de uma forma prática o conceito de cidadania.

        Não acredito que se isso fosse feito por toda a comunidade, alunos, professores e voluntários, atrapalharia o serviço de serventes, garis ou faxineiros. Acho até que eles tem bastante trabalho.

        Boa tarde,

      • Cremilda Teixeira

        Certo, para isso a professora foi intimada. Para explicar o contexto do trabalho.
        Se fosse como no Japão, não teria problema nenhum .Lá limpar a escola é função do aluno, uma vez que é ele que suja, mas isso é feito em con junto com os professores. o bem exemplo é fundamental No Japão a faxina didivida entre professores e alunso toca para o professor o trabalho mais pesado já que le é adulto e tem teóricamente mais força

      • Desculpe-me por chamá-la de querida. Não é esse o tratamento que costumo dar aos pais dos meus alunos e às pessoas em geral. Confesso que fui sarcástica, quando vi tantas críticas generalizadas a um profissional a quem tanto respeito e a um trabalho que tanto amo.
        Li a maioria das suas postagens e concordo com você, em muitas delas. Inclusive naquelas em que denuncia os maus profissionais e as mazelas da escola pública. Sim, eles existem… e não são poucos. Mas discordo, quando você generaliza suas colocações.
        Acredito na educação como fator de mudança. Foi graças a ela e ao trabalho de bons professores, de escolas públicas, que tive a oportunidade de mudar de vida e dar asas aos meus sonhos. É em nome deles que estou escrevendo agora.
        Continue lutando pelo que acredita e por uma educação pública de qualidade. Muitas crianças e jovens precisam de atitudes como esta (inclusive a minha filha, que também estuda em escola pública). Mas não generalize tanto, ou será tão injusta quanto aqueles que deturparam os fatos na publicação citada anteriormente por você.
        Nem todos os professores ganham, por meio dia de trabalho, o que você afirma, . Aliás, eu, e muitos colegas, não ganhamos isso nem por um dia inteiro, mesmo somando todas as nossas gratificações… nem todos os professores agridem seus alunos, faltam ao trabalho, ficam fofocando no horário em que deveriam estar na sala de aula ou não gostam dos seus alunos.
        Como disse antes, amo o que faço! É por isso que preparo as minhas aulas com carinho e as compartilho com os meus alunos, a quem considero as pessoas mais importantes do mundo. Muitos dos meus colegas também pensam e agem assim e creio que merecemos respeito como profissionais e como pessoas também. E isso tem nos faltado, principalmente da parte daqueles que deveriam ser nossos aliados.
        Talvez seja por isso, que quase 99% dos estudantes do Ensino Médio declaram que não querem ser professores e pessoas tão inteligentes e comprometidas quanto você ( neste momento não estou usando de qualquer sarcasmo ou ironia) não queiram ser professores também.

      • Desculpe-me por chamá-la de querida. Não é esse o tratamento que costumo dar aos pais dos meus alunos e às pessoas em geral. Confesso que fui sarcástica, quando vi tantas críticas generalizadas a um profissional a quem tanto respeito e a um trabalho que tanto amo.
        Li a maioria das suas postagens e concordo com você, em muitas delas. Inclusive naquelas em que denuncia os maus profissionais e as mazelas da escola pública. Sim, eles existem… e não são poucos. Mas discordo, quando você generaliza suas colocações.
        Acredito na educação como fator de mudança. Foi graças a ela e ao trabalho de bons professores, de escolas públicas, que tive a oportunidade de mudar de vida e dar asas aos meus sonhos. É em nome deles que estou escrevendo agora.
        Continue lutando pelo que acredita e por uma educação pública de qualidade. Muitas crianças e jovens precisam de atitudes como esta (inclusive a minha filha, que também estuda em escola pública). Mas não generalize tanto, ou será tão injusta quanto aqueles que deturparam os fatos na publicação citada anteriormente por você.
        Nem todos os professores ganham, por meio dia de trabalho, o que você afirma, . Aliás, eu, e muitos colegas, não ganhamos isso nem por um dia inteiro, mesmo somando todas as nossas gratificações… nem todos os professores agridem seus alunos, faltam ao trabalho, ficam fofocando no horário em que deveriam estar na sala de aula ou não gostam dos seus alunos.
        Como disse antes, amo o que faço! É por isso que preparo as minhas aulas com carinho e as compartilho com os meus alunos, a quem considero as pessoas mais importantes do mundo. Muitos dos meus colegas também pensam e agem assim e creio que merecemos respeito como profissionais e como pessoas também. E isso tem nos faltado, principalmente da parte daqueles que deveriam ser nossos aliados.
        Talvez seja por isso, que quase 99% dos estudantes do Ensino Médio declaram que não querem ser professores e pessoas tão inteligentes e comprometidas quanto você ( neste momento não estou usando de qualquer sarcasmo ou ironia) não queiram ser professores também.

      • Cremilda Teixeira

        O motivo pelo qual os alunos, os bons, no querem ser professors, que os professores deixaram de ser modelos. Jovem,adolescente e criana querem ser iguais a pessoas que admiram Triste,mas simples assim

  22. Sophos

    Cara cremilda você não poderia estar mais errada.Na verdade nem sei por onde começar de tantos erros. Vou tentar começar pelo seu comentário.
    – Morei 6 anos no Japão e estudei um ano. Lá professores não limpam o colégio. alunos sim.
    – Não é por que temos carga tributária alta que o cidadão deve se eximir de fazer trabalhos comunitários. Você chamou o cidadão que varre a propria porta (trabalho do estado) de burro. Eu chamo ele apenas de cidadão e um cidadão exemplar.
    – eu não sei em que mundo você vive, mas no meu mundo as verbas que chegam para manutenção da escola são insuficientes. E isso vale para todas as escolas da rede pública.
    -Afirmar que um aluno limpar ma escola é retirar o trabalho de um servidor público é de uma ignorancia quase tão grande quanto afirmar que joga papel no chão para dar emprego a garis. E depois ainda quer impostos baixos. Se quer impostos baixos que tal contribuir para diminuir o inchaço da folha salarial do serviço público?
    – Falou bobagem quando falou que algum professor por de aposentar com 43 anos. Isso é impossivel dado o fator previdenciário. Há decadas o professor não se aposenta mais com 25 anos de serviço. Atualmente a soma dos anos de serviço + anos de contribuição devem dar pelo menos 80 e poderá se aposentar com perdas salariais (60% da media salárial dos extrados superiores das contribuições)
    – A carga tributária do país é alta percentualmente, mas a relação entre população e montante arrecadado nos joga na lona. temos uma população gigantesca pobre, um pib-per-capita baixo e e uma carga de 1/3 do pib. Isso nos deixa um deficit de arrecadação (matematica basica).
    – segundo os PCNs asseio e cidadania são temas transversais portanto fazem parte do escopo da escola.

    • Cremilda Teixeira

      Conheço muita professora, mas muita mesmo que se aposentou antes dos 45 anos e ainda estão pro aí.
      Já que a senhora é tão a favor de fazer trabalho voluntário para o Governo que tal dar o bom exemplo e vir para São Paulo lavar os banheiiros das escolas quew estão imindos ? Jogar prpel na rua é diferente de ir limpar a escola Se o cidadão não jogar papel na rua ainda assim terermos trablaho para garis, Se começarmos a limpar a escola e conserta-la e ainda pagar os miores imposotos do mundo, isso é burrice é ignorâNCIA. a eSCOLA RECEBE VERBA PARA A MAUNTENÇÃO E PARA OOS SERVENTES E A GENTE IGONRA ISSO E VAI FAZER O SERVIÇO QUE DEVERIA SER PAGO É BURRICE SIM. nO jAPÃO OS PROFESORES TAMBÉM FAZEM FAXINA SIM, E PARA ELES É O TRABLAHO MAIS PESADO. tUDO LÁ É DIVIDIDO EQUALITARIAMENTE. a SENHORA NÃO DEVE MORAR NO jAPÃO PARA ESTAR ASSIM T ÃO MAL INOFRMADA
      oU ESTÁ DE MÁ FÉ.

      • Ana

        VAMOS JOGAR LIXO NO CHÃO, JÁ QUE GARIS SÃO PAGOS. VAMOS PICHAR AS ESCOLAS, JÁ QUE SERVENTES SÃO PAGAS. VAMOS QUEBRAR TUDO, JÁ QUE PESSOAS SÃO PAGAS PARA FAZER A MANUTENÇÃO!

        quanta baboseira!

      • Cremilda Teixeira

        Não, vamos cobrar que professores trabalhem, que ministrem aula, e que não coloquem aluno para limpar a escola enquanto eles ficam ou fazendo fofoca ou quem sabe até se ausentando da escola.

    • Sophos. Sinto muito, não existe um crime perfeito, o blefe até passaria de não exagerassem nas doses…Agora depois dos seus comentários a respeito de trabalho voluntário para o governo até dá para ver que não foi um engano O objetivo era pouco nobre e quase dá certo.
      Se não fosse por mim, hein ? Uma andorinha só pode não fazer verão, mas faz cocô em cima de muito gavião.Agora vão lá correr atrás do prejuízo…Não só fiz verão que precisava como juntei um monte de gente aborrecida por ter sido enganada por vocês.

      • Sophos

        Desculpe Cremilda mas é impossivel uma professora se aposentar com essa idade que informou. Se quiser saber mais acesse http://www12.senado.gov.br/noticias/entenda-o-assunto/fator-previdenciario

        Segundo, isso não é trabalho voluntário para o governo, o governo não produz nada, quem produz é a sociedade, portanto isso é um trabalho voluntario para sociedade do mesmo tipo de “amigo da escola”. Caso você não saiba o dinheiro dos impostos não é do governo, é da sociedade.

        Qualquer pessoa com um pingo de bom senso sabe que a verba de manutenção do colégio é mais que insuficiente e exatamente por isso as escolas via de regra andam tão mal conservadas. Se vive em algum mundo da fantasia onde o dinheiro dá, que pena para mim que vivo no mundo real.

        Sobre eu ir lavar banheiros em São Paulo, iria sem problemas, pague minha passagem até ai. Até la sou amigo de uma escola municipal daqui mesmo dando aulas de Karatê uma vez por semana. Se você acha que sou burro por dar as aulas de graças meus pêsames.

        Não preciso provar que morei (morei!) no Japão para ti. Estou te informando que as tarefas de serviços gerais não são realizadas pelos professores. Se acha que estou errado, cabe a ti e não a mim. É sua a afirmação primordial e portanto é a ti que cabe o onus da prova.

        Ah! Srta cremilda a estrategia do pombo enxadrista de sa cantando vitória não dá certo comigo. Se quer ganhar no grito isso só mostra quem é o desonesto aqui.

        Que mal lhe pergunte quem são o “vocês”? Estás tendo algum delirio de nobreza onde luta com alguma sociedade secreta?

      • Sophos

        Ah e recomendo que respire um pouco e pense antes de responder. O que você escreve está beirando o ilegível e demonstrando destempero.

    • Fernanda

      Sophos, concordo com ti.
      Cremilda, agradeço por esclarecer que tanto a fotografia quanto alguns dados como a idade da professora ou como ela foi levada à delegacia eram falsos para embasar e dramatizar esta noticia que se tornou viral. Mas a questão é que se havia um projeto de trabalho voluntário desse programa que tem o intuito de conscientizar os alunos o quão difícil é remover e limpar as pixações. Se você se informar, este programa é temporário, os alunos não passam o ano todo limpando muros e muito menos os faxineiros correm o risco de perderem seus empregos.
      É realmente uma pena que algumas pessoas não compreendam esta forma de educar. Educar sim. Ensinamentos de valores é educar. E na minha opinião, muito bem vindo.

      • Cremilda Teixeira

        Tem muita gente que “concorda com ti” Sofhos, mas nem quem “concorda com tí” é a favor da mentira. Esses alunos faxinavam a escola no horário que deveriam estar na sala de aula. Professoras todas aas mas professoras, claro, essa achavam ótimo “folgar” enquanto os alunos eram explorados

  23. Henrique

    De onde e a informação que esta imagem e de uma ladra de joias ??

    • Cremilda Teixeira

      Dos próprios comentarios do Facebook. Com certeza não era da professora em questão. Ela não tem 90 anos nem é idosa.

      • Henrique

        Obrigado, como milhares de outras historias de internet não e preciso ser nenhum Sherlock Holmes para deduzir que e %$#@#$$# pura

    • Cremilda Teixeira

      Tudo veio do FACEBOOK, a noticia e os comentários. As informações não batem entre sí
      O que apurei foi que a professora não foi presa,não foi para a delegacia em carro de policia. Foi noticiado que ela teria sido algemada e jogada no camburão. Que ela tem 90 anos. Também não procede. A minha preocupação maior é quema noticia dessa vai prejudicar os alunos. Fiquei preocupada mesmo foi quando uma pessoa queria que estivéssemos na China. Queria que o paisque denunciou fosse jogado para ser devorado por 120 cães famintos.

  24. Onde saiu essa “notícia”?

    • Cremilda Teixeira

      No Face e com centenas de milhares de compartimentos. Todos comovidos com a foto de uma ladra de joias colcado como se fosse a professora. Saiu originalmente na página VERDAEOCULTA

    • Cremilda Teixeira

      Dá um olhada no Google.
      Eu recebí no FACEBOOK.

  25. Sandra

    Mas quando um aluno suja ou picha é função pedagógica sim ensina-lo que, se sujou, ele tem que limpar e só assim ele valorizarão o trabalho de limpeza feito pelo corpo docente da escola.

    • Cremilda Teixeira

      Não a função pedagógica é dar o bom exemplo. No Japão aluno tem que faxinar a escola, mas os professores limpam também e fazem o trabalho mais pesado

    • Cremilda Teixeira

      Sim é função pedagógica também e com os bons exemplos. No Japão a escola é faxinada pelos profesores também e que fazem o trabalho mais pesado