Professores em greve não fazem falta na escola.

orelhão depredadoHoje faz 60 dias que os professores do Rio de Janeiro estão em greve. Deixando para trás um rastro destruição e o pior exemplo possivel. Foi um arrrastão de desordem, orelhões, caixas de correio, caixas eletrônicos de bancos, portas lojas danificadas. Policiais feridos e uma professora afrontando um grupo de PMs, onde ela aparece depois já se apresentando como canditata a vereadora. Outra oportunista

Péssimos exemplos para professores. São reles professores que na verdade demonstram que não merecem os $ 4.400,00 que recebem por mes com mil e uma benesses, para trabalhar apenas meio periodo de segunda a sexta.

Os pais e alunos não se manifestaram.òbvio que não estão fazendo falta nenhuma na escola onde assinam o ponto. Os educadores que realmente trabalham estão na escola cumprindo sua obrigação. Com certeza os alunos devem é estar aliviados por estarem esses 60 dias livres de pessoas tão truculentas. Se depredam tudo e agridem policial diante das câmeras, imagina o que faz essa turba na escola com alunos indefesos.

Aula não dão, senão a grita teria sido geral,como quando os Bombeiros reivindicaram melhores salários que o povo se levantou a favor deles.

Que fiquem de greve que para os pais e alunos, com certeza pagar os 4.400,00 com eles parados pode ser mais vantajoso que dando maus exemplos na sala de aula.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Professores em greve não fazem falta na escola.

  1. Olímpio

    Lembrando que muito desse vandalismo foi praticado por policiais infiltrados, para desacreditar o movimento.

    • Cremilda Teixeira

      Ah…tá. Agora são policias infiltrados. Só mesmo para quem acredita em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa.Filho feio não tem pai. Acha que professores vão assumir ?