QUEM NOS SALVARÁ DOS MÉDICOS ?

O jornalista Gilberto Dimenstein faz a pergunta de quem nos salva dos médicos depois que sai a notícia: médicos formados recentemente não  tem preparo suficiente nem para identificar uma simples virose.

Essa é a consequência lógica esperada e que muitas vezes eu e os companheiros da luta por uma escola pública de boa qualidade avisamos e temíamos.
Comparando a escola com uma casa. Não se começa uma boa construção senão começar pelo alicerce. Nem precisa ser um palácio, uma mansão. Até o índio sabe que se for construir uma Oca ele tem que fincar os paus na terra e só depois cobrir de palha.
O descaso pela escola pública, começou quando os nossos governantes e a elite se comportava como o marinheiro bêbado da piada. ” Deixa o navio afundar, esse navio não é meu mesmo”
As professoras, as autoridades e a elite entendia que escola pública e ensino fundamental para o povo era bobagem Bastava aprender a assinar o nome e tirar o título de eleitor e pronto, estava tudo resolvido. Não estava.
As professoras de escola pública colocavam seus filhos em escola particular e achavam que seus filhos estavam bem e que os filhos de pobres que não aprendiam em escola pública jamais seriam concorrentes em faculdade e bons empregos.
Esqueceram que a escola pública é a base. Se a base está ruim o resto desaba. As escolas particulares foram despencando na qualidade uma vez que o parâmetro era a escola pública. Se escola pública não ensinava a ler e escrever o que escola particular ensinava comparado com a escola pública era bom.
Os educadores desesperados, sem espaço nem vez e nem voz numa escola contaminada pelos maus e pelos apaniguados que só iam na escola para não incomodar seus maridos e matar o tempo. As poderosas,  exercendo na escola pública o seu poder de professora e mulher de fulano de tal com a qual nem a diretora podia mexer e nem cobrar.
As boas Diretoras também foram se calando. As boas Dirigentes também .Dirigente boa e boa Diretora sai da escola rápidinho se incomodar um político de boa influência. Diretora acaba virando figura decorativa. Ela faz o jogo tácito: você não cobra minha protegida e eu não lhe incomodo. Os educadores só tinham uma saída, ou entravam na vala comum ou desistiam da profissão
Tenho visto sempre os professores, mimadinhos e inimputáveis, chorosos na rua e cruéis na sala de aula, arrogantes com os pais e cheios de pose, divulgar em redes sociais:
” Sem professor não teremos médicos, engenheiros e nem advogados, todos passam por nós”
Agora a gente vê o que sempre dissemos.
Não basta ser professora, tem que ser educadora.
Com maus professores, teremos maus médicos, maus engenheiros e maus advogados.
Passaram a reclamar dos pais e responsabiliza-los pelo fracasso da escola.
Agora temos aí o resultado.
Quem nos salvará dos maus médicos, nos defenderá dos maus advogados e quem segurará as casas que ruírem por causa de um mau engenheiro ?
Quem salvará os educadores que querem ensinar e tem a exata noção da importância d e suas função e sabe que professor é a profissão mais importante do planeta ?
Quem salvará os pais ?
Quem salvará os nossos filhos ?
Quem salvará o Brasil ????
Quem ????
Anúncios

Comentários desativados em QUEM NOS SALVARÁ DOS MÉDICOS ?

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.