CONSELHO ESTADUAL DA EDUCAÇÃO EM SÃO PAULO, NÃO TEM NADA A VER COM DESENVOLVIMENTO DE ALUNO INTELIGENTE ?

Quem viu a mãe da aluna da E.E.Reverendo Manuel da Porto Filho, Santo Amaro, São Paulo e prestou atenção se escandalizou.
A cidade mais importante do Estado de São Paulo, não se preocupa com aluna de seis anos que parece superdotada. A aluna precisa de uma reles reclassificação para continuar seu desenvolvimento intelelectual.
Os pais não pedem nada mais do que é direito de sua filha. Direito líquido e certo, que a Constituição Federal garante. “GARANTE” ????
Garante nada, quando se trata de escola pública e direito de aluno, a escola pública de São Paulo, não respeita mesmo.
A mãe chega na Diretoria Sul 2 e relata no Programa Assembléia Popular, da Alesp que a Sul 2 declara a ela e seu marido, pais da aluna:
“Não temos nada que fazer pela sua filha. Temos coisa mais importante para fazer. O Conselho já decidiu que e não quer nem ouvir falar desse caso”
O pedido de socorro da mãe foi ao ar ontem as 20 horas e 30 minutos aproximadamente. Num canal fechado mas na TV Assembléia de São Paulo.
Sentí vergonha da atitude de gente que se chama ser humano.
Sentí vergonha pelo Conselho Estadual, pela Diretoria Sul 2 e pela Secretaria Estadual de Educação de São Paulo.
Só não senti vergonha da honestidade, como previu Rui Barbosa.
Espero que alguém desse governo se envergonhe dessa conduta das autoridades da educação e tome uma atitude digna.
Antes tarde do que nunca…

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

5 Respostas para “CONSELHO ESTADUAL DA EDUCAÇÃO EM SÃO PAULO, NÃO TEM NADA A VER COM DESENVOLVIMENTO DE ALUNO INTELIGENTE ?

  1. shang soo

    Repito. Acho que para a Sra. ninguém presta

  2. Mariá G. Araujo

    Dona Cremilda, aprendemos que temos que ouvir os dois lados em qualquer caso, você já fez isso? voce se inteirou do caso na sua íntegra? Claro que não! Leu quais são os requisitos de uma reclassificação? Claro que não, pois é o caso desta aluno, foge do ambito da escola por : ser 1º ano e não ter defasagem idade x série? Não cabe á Escola Reverendo Professor Manoel da Silveira Porto Filho, caso contrário, a aluno já estaria em outra série junto com os outros processos que a escola enviou.
    Nossa! Como é fácil denegrir a imagem da Escola e da Educação ouvindo apenas um lado e de interesse próprio. Que feio dona Cremilda!!!
    Mariá/12

    • Cremilda Teixeira

      MARIÁ.
      Acho eu vocês subestimam todo mundo.
      Acha que são as maiorias que sabem tudo e o resto é resto….
      Claro que sabemos de cor e salteado os meandros imundos da corrupção e do mar de lama que a escola pública está mergulhada.
      Esgotados os meios administrativos vamos para a Justiça.
      Os juízes é que vão decidir, que se o primeiro não der a liminar temos outros caminhos até chegar na justiça.
      Depois tem também o processo por danos morais e materiais.