A ESCOLA ESTADUAL REVERENDO MANOEL SILVEIRA PORTO FILHO EM SP, DESCONSIDERA ALUNA DE SEIS ANOS POR SABER DEMAIS.

Nossa cidade de São Paulo, é o carro chefe do pais. Se acontecesse em um cantão do Norte, ou no interiorzão em cidade pobre e pequena ainda vá.
Em São Paulo, uma menina de seis anos que está muito adiantada em relação ao primeiro anos, sofre as penas do inferno por estar muito adiantada.
Quando a criança está atrasada a escola repele, muito adiantada também.Na verdade escola pública deixou já faz um tempão de cumprir com suas principais funções.
Os educadores sérios estão angustiados. Esses sabem da sua importância na formação do cidadão. Os professores desinteressados empurram com a barriga. Os maus professores se refestelam.
Neste caso a aluno parece ser uma criança de inteligência acima da média. Pelo menos se não for tem facilidade de aprender e deslanchou.
A princípio para alegria dos pais, agora desesperados.
A Escola Estadual Reverendo Manoel da Silveira Porto Filho, na região do Campo Limpo se recusa a fazer a reclassificação da aluna para a segunda série ou para a série que ela estaria apta.
Então é uma tormenta para uma aluna de seis anos que quer aprender coisas novas, é uma criança diferenciada, educada e simples.
Imaginem então, um adulto com capacidade para um doutorado, ter que voltar ao primeiro ano do ensino primário. Exagêros a parte mas a garotinha está deslocada, completamente e descontente mas vai na escola assiste as aulas obedientemente, mas chega em casa, chora e não quer voltar para a escola.
Que país é este que não se preocupa com os de inteligência superior e nem os que são deficientes e tem dificuldade para aprender ?
Que país é esse que só se preocupa em formar conformados de inteligência mediana ?
Temos na zona leste uma aluna de sete anos querendo aprender alguma coisa e não tem vaga perto da casa dela, quer aprender a ler e não pode.
Agora esse caso da zona sul onde a criança quase da mesma idade precisa crescer intelectualmente, está formada e preparada para aprender mais e é castigada, ficando numa sala onde não tem nada a ver com o que ela precisa. ???
Que país é este ???????

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “A ESCOLA ESTADUAL REVERENDO MANOEL SILVEIRA PORTO FILHO EM SP, DESCONSIDERA ALUNA DE SEIS ANOS POR SABER DEMAIS.

  1. Cremilda, a escola é da Sul 2 e a reclassificação pode ser feita sem problema algum! Manda os dados para o José Benedito.

    • antonio pervisso

      você não tem idéia de que existem um monte de casos como estes nesta diretoria
      inclusive há um monte de crianças de 6 anso fora da escola que esta diretoria não deixa matricular nas escolas
      outra coisa é que precisa fazer uma auditoria nas escolas da sul 2 pois há muita corrupção e desvios de verbas e a dirigente não toma providências