A REDE GLOBO DE TELEVISÃO ENCABEÇA COMPANHA CONTRA ALUNO DE ESCOLA PÚBLICA. DÁ TIRO NO PÉ DA EDUCAÇÃO E PREJUDICA OS EDUCADORES.

A imprensa sendo o quarto poder, manda nos outros tres poderes: Legislativo, Judiciário e Executivo.
Uma imprensa livre, responsável pode mudar a história do país na sua função de informar e orientar.
Que a educação é a mola mestra que levanta a economia e o progresso ou emperra tudo, mergulha na violência.
Quanto mais ignorante o povo,mais acha a corrupção como inevitável.
A Rede Globo de Televisão mostrando equivocadamente ou de má fé mesmo, o aluno de escola pública como o responsável pela má qualidade do ensino e pela violência.
Que a classe dos professores de escola pública principalmente, como disse o Grande Mario Sérgio Cortela, é a Elite Gananciosa.
Acrescento que essa Elite além de Gananciosa é burra. Se esquece que demonizando o aluno, o trabalho do professor de escola pública perde o seu glamour, o brilho e a importância da sua função.
Se aluno é o demônio, não merece consideração e nenhum respeito. Professor é um coitadinho que apanha do aluno e é ofendido constantemente, além de ser uma mentira muito deslavada, ainda faz efeito contrário.
O Governador de São Paulo até criou uma Polícia especial para cuidar da segurança do professor. A RONDA ESCOLAR.
Policia Militar para cuidar da segurança do professor já é uma aberração, que aluno não é um bandido em potencial, e nem a Rede Globo vai com seu poder convencer todos disso.
Vamos ver o que vai sobrar depois dessa campanha irresponsável e criminosa da Rede Globo.
Campanha Pedófoba, odiosa, antropófaga que incentiva as autoridades a devorarem nossas próprias crias.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

4 Respostas para “A REDE GLOBO DE TELEVISÃO ENCABEÇA COMPANHA CONTRA ALUNO DE ESCOLA PÚBLICA. DÁ TIRO NO PÉ DA EDUCAÇÃO E PREJUDICA OS EDUCADORES.

  1. Não tenho assistido a Globo, Cremilda. É nos telejornais ou no Fantástico?

    • Cremilda Teixeira

      Num programa especial sobre educação. Não me lembro bem, acho que é o Jornal Hoje. Já tinham me avisado, mas assisti por acaso. Estou sem tempo

  2. Osmar José Paz Delmaschio

    Cremilda , me desculpe em primeiro lugar se eu estiver errado (pode me corrigir). Estamos realmente vivendo uma crise sem precedentes na escola pública, muitas vezes sim provocado pela arrogância de professores e má gerstão de diretores. Aluno, realmente, se não for bem tratado vai dar o troco no professor, isso já aconteceu até comigo, quando tinha menos experiência. Mas em alguns casos, onde estão localizadas aquelas escolas violentas, como faremos então para proteger o professor que vive ameaçado por alguns alunos – se não colocarmos a polícia, o que fazer ? Alguns alunos se tornam violentos e precisam de um trabalho diferenciado para trazermos de volta ao convívio (coisa essa que o estado não faz). Não há psicólogos na escola e nem professor especializado e treinado para lidar com esse tipo de aluno. Graças a Deus eu trabalho numa boa escola, mas essa semana mesmo aconteceu um fato numa escola aqui de Mirassol. Uma jovem entrou pela primeira vez para dar aula numa escola e não conseguiu ter domínio sobre os alunos. A mesma desistiu da profissão naquele instante. Mais do que o salário baixo esse é o principal motivo que tem afastado o professor das escolas.

    • Cremilda Teixeira

      Osmar, suas considerações sempre interessantes e pertinentes, sem o ranço dos professores.
      A resposta você já deu. Tem que haver uma diferença no tratamento de alunos com problemas mais sérios. Aluno é tratado como uma peça de mobília. Massificados.
      Pessoal especializado é necessário. Não temos nem o minimo, não temos educadores.Qualquer pessoa que se dispuser aceitar o salário de carcereiro pode exercer a função de carcereiro
      O que precisa é mesmo uma campanha para valorizar o aluno.
      Parabéns.