Arquivo do dia: 13/03/2012

PROFESSORES TAMBÉM DENUNCIAM A E.E.AFIZ GEBARA.

Ainda mais completa que as denúncias do Jardim Capela IV, vem as denúncias da E.E.Afiz Gebara.Ambas na zona sul de São Paulo.
Dizer que não recebi não posso. Deixar de encaminhar também não .
Lembro do Nelson Rodrigues falava que quando o marido bate, ele pode não saber porque está batendo, mas a mulher sabe sempre porque está apanhando.
A afirmação machista odiosa, me faz fazer um paralelo com os problemas das escolas estaduais.
Nenhuma resiste a uma investigação séria.
Se o Governador começar, pode ser que punindo uma as outras não cometerão o mesmo erro, na certeza de nunca serem descobertas.
A situação chegou a esse ponto em anos de descuido do governo.
Escola que deveria ser prioridade do aluno, virou prioridade do professor.
Os educadores são pessoas sérias e angustiadas, que estão comprometidos com a escola, mas não encontram respaldo. A maioria não quer nada e contaminou a rede.De tal maneira que os bons acabam se calando e se omitindo.
Se professores fossem santos, abnegados sem defeito, nem precisaria fiscalizar.
Infelizmente professor é um ser humano, terrivelmente humano, com falhas e defeitos de caráter, precisa ser fiscalizado.
Falta fiscalização e a verba gorda que entra na SEE é diluída e nem chega na escola.
Tenho o maior respeito pela profissão de professor, é a mais importante profissão do planeta, mas exercida por gente igual a qualquer outro ser humano.
Um educador não se incomodaria se ser vigiado, fiscalizado, não teria do que temer. Poderia até errar eventualmente mas com certeza, fazendo parte do aprendizado e errando cada vez menos, nunca repetindo o mesmo erro.
O que acontece é que a impunidade desmotiva todos os bons.
Nunca punindo os maus, os bons são prejudicados também.
Pior ainda, são as injustiças, quando um educador é punido severamente por bobagem e punido por motivos políticos partidários já que escola é cabide de emprego também.
Se todos tivessem que trabalhar, quem não tivesse, nem entrava na escola para enganar. Seria um meio legítimo e fácil de selecionar.
Os pais e alunos sabem de cor e salteado qual é o bom o e mau professor.

Então estou enviando o “dossiê” para o Palácio do Governo. Guardar não vou. Não é meu, não posso.
Quem não deve não tem o que temer.

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized

GOVERNADOR DE SÃO PAULO É IGUAL MARIDO TRAÍDO, O ÚLTIMO A SABER.

Recebí uma longa carta assinada apenas “PROFESSORES”.
Nada de novo.
Denúncia de Corrupção, Injustiça, Covardia e toda miséria moral que abunda a escola pública de São Paulo, também e que não nos cansamos de denunciar.
A diferença é que as denúncias vem de um outro olhar e colocado de forma diferente.
A linguagem, os detalhes e a forma indicam que são mesmo professores.
A escola é a E.E.Jardim Capela IV, da Diretoria Sul 2.
Prefiro mais deixar passar um culpado, do que acusar uma pessoa inocente. Temos o cuidade de não cair em armadilhas que estão sempre tentando nos pregar. Fazem denúncia infundada e graves dando nomes de pessoas inocentes.
Não caímos, desta vez a denúncia nos parece verossímil por motivos e razões que prefiro não colocar aqui.
Parece que o Governador de São Paulo não sabe que a Secretaria de Educação promove gastança e uma folia com a verba que nunca chega na escola e no aluno, legítimo dono da verba.
Para diminuir a gastança tem que fazer uma operação profunda. Não basta fazer reuniõezinhas com Secretários, que eles nem vão nas reuniões desmoralizando a figura do Governador públicamente.
O remédio tem que começar pelo lado mais difícil.
Tem que criar uma instância onde os pais e os educadores possam denunciar com segurança e na certeza da punição aos culpados.
Não punindo nunca os maus professores, estará o Governador desestimulando os bons. Punições ridículas também desmoralizam a pasta.
Então estou protocolando uma cópia da carta no Palácio do Governo, que contém nomes e dados impressionantes.
Se quiser o Governador começa a moralização das escola pela E.E. Capela IV.
Na verdade nem adianta querer que a Dirigente da Sul 2 tenha mecanismos para promover uma limpeza alí. Essa dirigente recebe ameaça assim como eu também. Ela fica sem respaldo da SEE .
Um professor que me ameaçou e jogou uma bomba de alta potência na frente da minha casa, teria também ameaçado essa dirigente, que prefere ser uma covarde viva, do que uma heroína morta.
O professor em questão continua na E.E.Leopoldo Santana e tudo como era antes.
Hora de repensar tudo isso
O senhor Governador de São Paulo, a hora que quiser deixar de ser igual um marido traído é só arregaçar a manga e contar conosco.
Os pais e alunos são os maiores interessados em uma escola de boa qualidade. Pagamos a conta e usamos o serviço.

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized