SEE DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO: FANTASMA ITINERANTE.

Hoje, teve mais uma reunião na Escola Albert Sabin no Parque dos Príncipes, condomínio de luxo do Butantã. Quem presidia a reunião onde estavam convidados 4 Dirigentes Regionais, supervisores e diretoras de escola.
A MC da cerimônia era a Dirigente Regional da Centro Oeste, abriu a reunião, falou e se esqueceu de apresentar e chamar a figura que seria a mais importante, o Secretário de Educação.
Ele então, em tom de brincadeira se apresentou e fez o mea culpa. Disse que em apenas um ano ele já está esquecido naquela reunião, daqui a dois anos nem entraria nela.
Acontece Professor Herman, que é isso mesmo. O senhor não existe. Atuação pálida e fraca. Nâo agrada nem o gregos e nem troianos.
Engenheiro, caido de paraquedas na SEE não é do ramo,conforme questionou um diretor de escola presente.
Bem, a Dirigente Regional da Centro Oeste MC da Secretaria de Educação, estava certa em não anunciar e apresentar o Secretário de Educação, afinal o Fernando Padula não estava lá. Ele é o Secretário de Educação, todo mundo sabe disso. Ele quem manda.Ele quem dirige, o Prof. Herman uma figura meramente decorativa, como nem decora assim tão bem segundo os padrões nossos de beleza a Professora Rosângela não o enxergou. Passou batido.
Sei lá, mas o Secretário Fantasma e Itinerante pelo menos sabe que daqui a dois anos vai cair no esquecimento.
Se o Padula estivesse lá, eu duvido que a Prof. Rosângela ia esquecer de anuncia-lo…
Um fantasma não aparece mesmo, e se é itinerante nem incomoda e nem precisa de exorcismo, está cada dia em um lugar…

Anúncios

Comentários desativados em SEE DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO: FANTASMA ITINERANTE.

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.