CRIANÇA QUE DEVIA ESTAR NA ESCOLA, ESTAVA COM UMA METRALHADORA NAS MÃOS.

Para ser olheiro de traficante, aviãozinho e para cuidar de armas não precisa escolaridade formal. Essas crianças que a escola rejeita, principalmente por serem muito pobres, acabam trabalhando precocemente no tráfico. Precocemente aprendem a ser defender da polícia, que ela pensa ser sua única inimiga. Precocemente acabam suas vidas ou na cadeia ou em alguma vala comum de um cemitério público.
Essa foi a primeira notícia que me chamou a atenção hoje e a Rederecord, mostra a imagem do barraco paupérrimo onde a criança foi encontrada com uma metralhadora na mão. Alí na Marginal Pinheiros. São Paulo, capital do estado mais rico da Federação, onde faltam escolas, mas sobra violência.
Outra noticia vem de Santa Catarina, estado também conhecido pela violência das escolas contra aluno rebelde e lider. Um adolescente chefiava uma quadrilha que já cometera dezenas de assaltos que se sabe.
Claro, os lideres não são bem vindos na escola pública, e Rio Grande do Sul eles também são expulsos da escola. Dizem que ser for negro, aí não tem mesmo futuro na escola.
Lembro o caso de Porto Alegre onde o aluno se defendeu de uma coordenadora pedagógica que juntamente com um seguraança e um porteiro queria obrigar o aluno negro a assinar “expontânemente” sua desistência do curso.
Ele reagiu e no tumulto lutava com os dois homens,a Coordenadora Pedagógica quebrou os braços e alguns dentes.De quem partiu a cadeirada que quebrou os dentes, pode nem ter pode ter sido dos outros homens, mas o aluno é que foi obrigado a responder pela agressão. Ele pegou 10 anos e seis meses em prisão de segurança máxima. Sofria tortura todos os dias, até que teria sido castrado em uma dessas sessões. Acabou louco. Claro
Agora está em um Hospital Psiquiátrico de Lageado.
Que tristeza para uma cidade que se chama Porto Alegre….
De ponta a ponta deste país aluno não é bem vindo na escola pública, e o Brasil, ó….

Anúncios

Comentários desativados em CRIANÇA QUE DEVIA ESTAR NA ESCOLA, ESTAVA COM UMA METRALHADORA NAS MÃOS.

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.