Arquivo do dia: 14/01/2012

PROFESSORA DE ESCOLA PÚBLICA É A ELITE GANANCIOSA

Temos que separar as professoras de escola pública em duas castas: a elite gananciosa, e os professores que tentam segurar o que restou da escola pública.
Claro sem esquecer as honrosas exceções.
Os bons professores efetivos, mas nem por isso ficam a vontade numa escola onde os valores foram todos invertidos.Professor que trabalha ou é temporário sem padrinho político, ou um efetivo trouxa.
A elite gananciosa são as professoras efetivas e concursadas e os professores temporários seguram a onda. Professor temporário pode ser demitido se não tiver a proteção da direção da escola e de autoridades.Então ele tem que trabalhar mesmo.
Professor concursado ganha estabilidade e impunidade absoluta e total. Fica mais fácil depor um presidente do que exonerar um professor por maltratar aluno, aliás nunca se soube de nenhum caso desses.
A primeira vez que ouvi dizer que professor concursado de escola pública é a Elite Gananciosa foi pelo grande Prof. Mario Sérgio Cortela. Ele também chamou de patife o professor que falta sem necessidade. Isso na Rádio Bandeirantes.
Professor concursado não precisa ter talento, não precisa saber ensinar, nem ter nenhuma vocação. A vocação e a capacidade de um professor se mede depois que ele está na sua função. Provinha e concurso mede conhecimento da matéria mas é inútil se o professor não souber repassa-la para o aluno.
A gente vê professores que aposentam e continuam trabalhando, muitos até fazem outro concurso e passam. Quando aposentam levam junto o salário integral e os pontos. Então o professor que quer ingressar todo cheio de energia e com idéias novas, encontra pela frente essa disputa desleal. Disputa a vaga com o professor que já vem com pontos acumulados durante 25 anos e os cursos que a Secretaria fornece.
Ensinar é uma árdua tarefa, que se torna também gratificante para o educador sério e comprometido além da sua vocação.
Os maus professores vivem reclamando. Reclamam de tudo; dos alunos, dos pais, do salário, das condições de trabalho e principalmente do governo.
Se é um trabalho extenuante, se estressa, se é mal pago e mal reconhecido, porque não dão chance para os novos ???
Isso não é ganância ? Ou será que é um lugar onde pode fazer ou não fazer nada e nunca será cobrado ?
Será que se o Governador criar uma instância para os pais cobrarem e denunciarem os desmandos e os abusos, os bons professores fiquem.
Quem sabe com certeza qual o professor bom são os alunos e os pais, com certeza. Sem nenhuma sombra de dúvida.
Escola pública tem que ser levada a sério e deixar de ser o paraíso da ELITE GANANCIOSA .

Comentários desativados em PROFESSORA DE ESCOLA PÚBLICA É A ELITE GANANCIOSA

Arquivado em Uncategorized