Arquivo do dia: 19/12/2010

BULLYING E HOMOFOBIA SÃO CRIMES. MAS SE FOREM PRATICADOS POR PROFESSOR DE ESCOLA PÚBLICA, PODE!!!


Hoje, dia 19, dia em que faz aniversário de mês o símbolo da violência e da impunidade na escola pública do Estado de São Paulo.
Está na moda falar de bullying e de homofobia.
Todos caindo de pau em alunos como se a homofobia e o bullying fosse um fenômeno que ocorre entre alunos, e que os maus professores não participam.
Denunciamos o caso que ocorreu na Escola Estadual Octacílio de Carvalho Lopes, onde o professor teria espancado ou mandado a classe espancar um aluno que estaria rebolando feito bicha.
Numa entrevista, o professor admitiu a homofobia, diante das câmaras no Programa onde o Paulo Henrique Amorim apresentava, em 2004.
De lá para cá o professor só foi subindo de cargo.
Cometeu dois crimes juntos: homofobia e o bullying.
A família denunciou. O aluno que ficou firme, disposto a testemunhar, desapareceu. A professora de educação física não foi ouvida na averiguação preliminar… a professora denúncia que as supervisoras direcionaram o seu depoimento, distorceram e fizeram de tudo para proteger o professor acusado.
Conclusão: o professor de história, que não era concursado, foi promovido a Coordenador Pedagógico numa provinha fajuta feita pela Diretoria de Ensino Leste 4. Hoje ele é Coordenador Pedagógico da Escola Estadual EE Adelaide Ferraz de Oliveira.

A conclusão que se chega – SMJ – é que: “Bullying e Homofobia, além de não serem crimes [quando praticado por professores de SP], ainda dá direito a ser blindado, protegido, efetivado e promovido, quando o autor é um professor de escola pública do Estado de São Paulo”.
E o professor só não promove o bulliyng e não espanca aluno no páteo para não dar muito “na vista”… Agora ele recebe, em sala fechada, os alunos que são mandados para ele pelos maus professores…
Professor se aborrece com aluno??? Manda para o Coordenador resolver a portas fechadas.
O que acontece lá dentro não se sabe com certeza. Eram gritos e barulhos estranhos. Foi denunciado isso… e ele, agora, faz tudo bem quietinho.
As únicas coisas que fazem crer na violência são as lágrimas dos alunos e suas caras assustadas quando saem da sala.
É isso.
Bullying e Homofobia são crimes… Mas, se forem cometidos por professor, pode! E se tiver a proteção das supervisoras de ensino, ainda é extremamente vantajoso.

3 Comentários

Arquivado em Bullying, Impunidade, Prêmio IgNóbil de Educação, Professorinha-santa

Ensino religioso e a homofobia.

Comentários desativados em Ensino religioso e a homofobia.

Arquivado em Bullying, Eleições 2010, Prêmio IgNóbil de Educação, Professorinha-santa